O mercado brasileiro de milho deve iniciar semana com negociações travadas. O avanço da comercialização do cereal é impedido pela postura retraída contínua por parte dos consumidores e dos produtores. No cenário internacional, a Bolsa de Mercadorias de Chicago não opera devido ao feriado do Memorial Day. O dólar, por sua vez, cai levemente frente ao real.

O mercado brasileiro de milho voltou a apresentar ambiente de negócios travado para negociações no spot. Segundo a Safras Consultoria, para negociações envolvendo a safrinha 2024 o mercado esteve mais fluído. As cotações permaneceram pouco alteradas. Os produtores seguem mostrando pouca disposição nas tratativas, recuados na fixação de oferta e tentando preços mais altos, a exemplo do que ocorre no Paraná e em São Paulo, com especulações em torno da evolução do clima. Por outro lado, os consumidores não mostram grande preocupação, com ideias de compras que não correspondem com as pedidas existentes no mercado.

No Porto de Santos, o preço ficou entre R$ 60,00/63,00 (compra/venda) a saca (CIF). Já no Porto de Paranaguá, cotação entre R$ 59,50/65,00 (compra/venda) a saca.

No Paraná, a cotação ficou em R$ 57,00/60,00 (compra/venda) a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 58,00/60,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 62,50/65,00 a saca.

No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 64,50/65,50 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 52,00/53,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 45,00/50,00 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 39,00/42,00 a saca em Rondonópolis.

CHICAGO

* Não há sessão hoje em Chicago, devido ao feriado do Memorial Day.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra baixa de 0,05% a R$ 5,1649. O Dollar Index registra desvalorização de 0,02% a 104,70 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia fecharam com preços firmes. Xangai, +1,14%. Japão, +0,66%.

* As principais bolsas na Europa operam com índices altos. Paris, +0,25%. Frankfurt, +0,30%. Londres, feriado.

* O petróleo opera em alta. Julho do WTI em NY: US$ 78,32 o barril (+0,77%).

AGENDA

– Feriado nos EUA – Memorial Day.

– A balança comercial preliminar de maio será divulgada, às 15h, pelo Ministério da Indústria, Comércio e Turismo.

—-Terça-feira (28/05)

– O IBGE divulga, às 9h, o Índice de Preços ao Produtor – Indústrias extrativas e de transformação referente a abril.

– O IBGE divulga, às 9h, o IPCA-15 referente a maio.

– O Ministério do Trabalho divulga o Caged referente a abril.

– Inspeções de exportação semanal dos EUA – USDA, 12h.

– Dados sobre as lavouras do Paraná – Deral, na parte da manhã.

– Evolução e condições das lavouras nos EUA – USDA, 17h.

—–Quarta-feira (29/05)

– Alemanha: A leitura preliminar do índice de preços ao consumidor de maio será publicada às 9h pelo Destatis.

– A FGV divulga, às 8h, o IGP-M referente a maio.

– O IBGE divulga, às 9h, a Pnad Contínua referente a abril.

– EUA: O Livro Bege, um relatório da atual situação econômica dos principais distritos norte-americanos, será divulgado pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) às 15h.

—–Quinta-feira (30/05)

– Feriado no Brasil – Corpus Christi.

– EUA: A segunda leitura do PIB do primeiro trimestre será publicada às 9h30 pelo Departamento do Comércio.

– EUA: A posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana passada será publicada às 12h00 pelo Departamento de Energia (DoE).

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Relatório de condições das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (24/05)

– Japão: A taxa de desemprego de abril será publicada na noite anterior pelo departamento de estatísticas.

– Japão: A leitura preliminar da produção industrial de abril será publicada na noite anterior pelo ministério da Economia, Comércio e Indústria.

– Eurozona: A leitura preliminar do índice de preços ao consumidor de maio será publicada às 6h pelo Eurostat.

– EUA: O índice PCE, que mede os gastos individuais, bem como os dados sobre a renda e gastos pessoais de abril serão publicados às 9h30 pelo Departamento do Comércio.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 9h30.

– Dados sobre o desenvolvimento das lavouras no RS – Emater, na parte da tarde.

– Dados de evolução das lavouras do Mato Grosso – IMEA, 16h.

Autor/Fonte: Pedro Carneiro / Safras News



 

FONTE

Autor:Pedro Carneiro/Safras News

Site: Safras & Mercado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.