O mercado de bioinsumos cresce a cada dia com uma diversidade enorme de empresas capazes de fornecer produtos para o produtor. Contudo, muitos fatores como armazenamento inadequado, transporte em temperaturas altas, exposição à radiação solar e produtos de qualidade duvidosa, reduzem a eficiência dos bioinsumos quando utilizados em culturas agrícolas.

Atualmente a cultura da soja utiliza diversos bioinsumos (Bradyrhizobium sp., Azospirillum sp., Bacillusmegaterium, Bacilluspumilus,Bacillusaryabhattai, Bacillussubtilis, Bacillusamyloliquefaciens, Pseudomonasfluorescens, Cromobacteriumsubtsugae, dentre outros). Contudo, o produtor sempre fica na dúvida a respeito da presença dos microrganismos quando adquire ou realiza a produção onfarm desses bioinsumos.

O Grupo de Pesquisa em Manejo Sustentável de Grandes Culturas de Coxilha (Coxilha-UFSM) coordenado pelo prof. Dr. Thomas Martin, tem por objetivo a produção sustentável (econômica, social e ambiental) de grãos como soja, milho e trigo. De forma que as pesquisas realizadas objetivam a redução dos custos de produção, aumento da produtividade da cultura e da rentabilidade financeira, com redução do impacto ambiental. 

O Grupo Coxilha-UFSM acaba de colocar em atividades o laboratório Multibac, que tem por objetivo realizar pesquisas a respeito dos bioinsumos utilizados na agricultura. Atualmente conta com uma equipe formada por uma doutoranda, duas mestrandas e duas alunas de iniciação científica.

Como uma forma de ampliar o conhecimento dos produtores a respeito do tema, o Multibac está convidando os produtores a realizarem as análises dos inoculantes utilizados em suas produções. Para tanto, basta trazer uma embalagem de bioinsumos fechada. Será retirado uma amostra (10ml) do produto e faremos a contagem das bactérias presentes e os contaminantes. Os produtores on farm também poderão fazer parte da avaliação trazendo uma amostra do bioinsumo para avaliação. Estaremos disponibilizando até duas avaliações para cada produtor. 

Mais informações e agendamento de entregas com:

  • Prof. Thomas Martin – Whats (55) 9 8111 3833
  • Local de entrega das amostras: Área didática experimental da Coxilha-UFSM, ao lado do Jardim botânico. Saída secundária oeste da UFSM (Dalla Favera).
  • Local Google Maps;

Fonte: Prof. Dr. Thomas Newton Martin- Coxilha/UFSM



Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.