A cotação da soja em Chicago teve leve queda, de 0,08% e o dólar valorização de 0,27%, fechando em R$ 4,1315, fazendo com que os preços que os compradores ofereceram sobre rodas nos portos do sul do Brasil ou seus equivalentes em outros estados, tivessem alta de 0,72% para a média de R$ 89,82/saca, contra R$ 89,18, do dia útil anterior. Com isto, o acumulado do mês atingiu 3,53% contra positivos 2,79% do dia anterior.

No interior, a alta foi de 0,73%, para R$ 84,33/saca, contra R$ 83,72 do dia anterior, com o acumulado atingindo 4,28%, contra 3,52% anterior. Estimativas de mercado indicam que o plantio de soja do Brasil atingiu 22%, sendo que em Mato Grosso estaria em 42% e 36% no Paraná.

Os preços do mercado físico do Rio Grande do Sul subiram para R$ 91,00, contra R$ 90,50 no dia anterior, no porto. No mercado interno, Passo Fundo e Ijuí também tiveram leve alta ficando em R$ 86,00, contra R$ 85,50 do dia anterior, pagos pelas indústrias. Estima-se que a safra de soja do RS já esteja 80% negociada.

No Paraná, na região de Ponta Grossa os preços pagos ficaram em R$ 80,00 no balcão e R$ 83,00 no mercado spot para o final de novembro. Preços futuros ficaram em R$ 84,00, no interior e R$ 92,00, no porto, para dezembro.



China ativa na América do Sul

A China esteve ativa nesta segunda-feira na América do Sul, comprando 11 cargos, aproximadamente 660 mil toneladas, da safra atual e da próxima, sendo 7 cargos do Brasil e 4 cargos da Argentina. Margens melhores no esmagamento estão beneficiando os processadores chineses.

Estimativas do mercado indicam que a colheita, nos Estados Unidos, esteja em 40%, contra 26% na semana anterior, isso representaria cerca de 11% a menos do que a mesma época do ano anterior, com 51% e 24% menor do que a média histórica, que é de 64%.

Os prêmios da soja nos portos brasileiros subiram 6 cents/bushel para fevereiro e 4 cents para março, ficaram estáveis para abril e subiram 6 cents para maio, para junho e para julho respectivamente. O mercado intermediário de Paper de Paranaguá negociou fevereiro a +88X e +90X. Os prêmios da soja brasileira CIF portos da China não ocorreram para novembro, subiram 3 cents para fevereiro e para março, subiram 6 cents para abril e maio, 3 cents para junho e caíram 2 cents para julho.

No porto chinês de Dalian o preço flat da soja-grão fechou a US$ 476,34/t, (475,39/t no dia anterior); o pellets de soja, fechou a US$ 432,80/t (426,24/t). O preço do óleo de soja, fechou a US$ 843,27 (842,60).



No mercado internacional, a soja sobe e óleo cai nesta segunda-feira

Em Rotterdam, o principal porto não-China de demanda de soja e subprodutos, a soja-grão teve alta para US$ 386,30/t (US$ 384,10/t do dia anterior) para outubro; o pellets de soja, teve alta para US$ 372,00/t (370,00/t)/t afloat.

Os preços de alguns óleos vegetais, para o primeiro mês cotado, foram: o óleo de canola, para novembro, caiu para US$ 874,47/t (876,14)/t; o óleo de linhaça permaneceu em US$ 770,00 (770,00); o de soja, para novembro, teve leve queda para US$ 766,28 (770,11); o óleo de girassol, para dezembro, teve alta, retornando para US$ 730,00 (727,50) e o óleo de palma retornou para US$ 570,00/t afloat (567,50).

Fonte: T&F Agroeconômica

 

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.