InícioDestaqueSoja/RS: A média estadual de produtividade é estimada em 2.923 kg/ha

Soja/RS: A média estadual de produtividade é estimada em 2.923 kg/ha

A área cultivada no Estado está estimada em 6.681.716 hectares, e a média estadual de produtividade em 2.923 kg/ha.

Na região administrativa da Emater/RS-Ascar de Ijuí, a formação de geada, em 30/06 (domingo), pela manhã auxiliou na eliminação de plantas espontâneas das lavouras, evitando a utilização de produtos químicos para mantê-las livres de plantas verdes durante o período de vazio sanitário da soja, estabelecido através da portaria SDA/Mapa nº 1.111 (13/05/2024), que inicia em 03/07 e se estende até 30/09/2024.

Na de Bagé, os produtores da Campanha aproveitaram a sequência de dias sem chuvas e a redução dos níveis de umidade do solo para a realização de trabalhos de correção dos rastros abertos pelas colhedoras através do uso de grades niveladoras. Nota-se muita soja guaxa nascida nos campos devido ao processo de debulha intensa, que ocorreu após a maturação e, ao atraso da colheita por várias semanas. Em razão do início do período de vazio sanitário, alguns produtores efetuaram o manejo de soja guaxa com grade – antes da ocorrência de geadas – para a implantação das lavouras de trigo ou de aveia. Tem-se observado a incidência de grande quantidade de plantas que, além de ferrugem, podem ser hospedeiras de outras doenças, como oídio.

Na de Pelotas, os produtores seguem colocando bovinos de corte e ovinos para pastoreio nas áreas com plantas forrageiras estabelecidas – principalmente azevém –, onde havia cultivos de soja. Há muitos relatos de produtores que decidiram entregar as áreas arrendadas sem o pagamento dos valores acordados. Os produtores que tiveram perdas expressivas em função das adversidades climáticas acionaram o seguro agrícola. Aqueles que não possuem lavouras asseguradas, estão repactuando as dívidas com as cerealistas, com agentes financeiros e demais financiadores da safra e postergando para as safras futuras a quitação dos débitos.

Na de Santa Rosa, em algumas unidades de recebimento, ocorreram problemas em relação ao armazenamento de grãos e, em casos mais severos, houve carbonização da massa em função da elevação da temperatura. Essa condição decorreu do armazenamento dos grãos altamente úmidos e que se aderiram aos silos, impedindo a sua mobilização para aeração ou secagem. Estima-se perda de aproximadamente 500 toneladas de soja.

Comercialização (saca de 60 quilos)

O valor médio, de acordo com o levantamento semanal de preços da Emater/RS-Ascar no Estado, aumentou 1,44%, quando comparado à semana anterior, passando de R$ 123,00 para R$ 124,77. O grão apresentou tendência de elevação das cotações, respondendo à variação do dólar durante a semana.

Confira o Informativo Conjuntural n° 1822 completo, clicando aqui!

Fonte: EMATER/RS



 

FONTE

Autor:Informativo Conjuntural 1822

Site: Emater/RS

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares