InícioDestaqueAbril tem preços melhores para a soja e comercialização ganha ritmo

Abril tem preços melhores para a soja e comercialização ganha ritmo

O mês de abril foi marcado por preços mais altos e recuperação no ritmo dos negócios com soja no Brasil. A combinação de valorização dos contratos futuros na Bolsa de Mercadorias de Chicago com dólar em alta assegurou a alta dos preços domésticos. Os produtores aproveitaram a melhora nos referenciais e voltaram a negociar.

A saca de 60 quilos subiu de R$ 197,00 para R$ 200,00 no mês, em Passo Fundo (RS). Em Cascavel (PR), a cotação avançou de R$ 184,00 para R$ 192,00. Em Rondonópolis (MT), o preço aumentou de R$ 178,00 para R$ 181,00.

No Porto de Paranaguá, a saca também subiu, passando de R$ 192,00 para R$ 199,00. Mesmo firmes pela boa procura chinesa, os prêmios perderam força na parte final de abril, reflexo da comercialização mais acelerada no mercado físico.

Na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT), os contratos com vencimento em julho acumularam valorização de 5,43% em abril, fechando a quinta, 28, a US$ 16,84 ¾ por bushel. A procura aquecida pelo produto dos Estados Unidos pelos chineses garantiu a elevação, além do desempenho positivo de outras commodities.

As preocupações com a economia mundial – lockdown na China, guerra na Ucrânia e aumento nos juros americanos – trouxe recuperação ao dólar. Internamente, ameaças institucionais contribuíram para a alta de 3,24% na moeda americana, cotada a R$ 4,94 no fechamento do dia 28.

Fonte: Agência SAFRAS

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares