A semeadura do milho destinado ao grão comercial nos campos da província de Buenos Aires iniciou na Bacia do Salado, e nas zonas Oeste e Centro, o período de definição da produtividade com reservas irregulares de água para os primeiros plantios.

Dependendo dos níveis de umidade dos primeiros centímetros do perfil, os produtores continuaram com a incorporação de unidades de ocupação antecipada, tardia e segunda, informou um relatório da Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

No âmbito nacional, 85,3% dos 6,3 milhões de hectares projetados para a safra 2020/21 já foram incorporados.

Foram 114.755 hectares, plantados na Bacia do Salado; no centro, 323.010; no sudeste, 235.950; no oeste de Buenos Aires e ao norte de La Pampa, 690.000; e finalmente, no sudoeste de Buenos Aires e ao sul de La Pampa, 164.640 hectares.

Fonte: Adaptado de eFarmNewsAr

Texto originalmente publicado em:
eFarmNewsAr
Autor: eFarmNewsAr

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.