Compradores estiveram mais ativos do que vendedores no mercado de arroz em casca do Rio Grande do Sul em março, principalmente na segunda quinzena. Segundo colaboradores do Cepea, indústrias com necessidade de repor estoques ofertaram valores superiores para novos lotes, mesmo de arroz novo (safra 2018/19).

Do lado produtor, orizicultores permaneceram recuados, atentos às condições climáticas no estado e às atividades de colheita. Assim, as vendas efetivadas foram devido à necessidade de “fazer caixa”.

Outros, por sua vez, optaram por negociar gado e soja. Nesse cenário, o Indicador do arroz em casca ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, acumulou alta de 0,74% no mês passado, fechando a R$ 39,59/sc de 50 kg no dia 29.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br



 

Texto originalmente publicado em:
Cepea
Autor: CEPEA

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.