A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou na quarta (15), em São Paulo, da reunião da Cátedra de Agronegócios, um colegiado que reúne os representantes de produtores, entidades do agronegócio, seguradoras e corretores para buscar soluções para melhoria dos produtos de seguro rural.

A reunião foi organizada pela Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) da Federação Nacional das Seguradoras (FenSeg). Foi o segundo encontro dos integrantes da Cátedra.

Segundo a assessora técnica da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, Fernanda Schwantes, essa é mais uma iniciativa recente em favor do desenvolvimento do mercado de seguros rurais no Brasil.

“Os segmentos do agro e do mercado de seguros rurais têm se mobilizado em diversas frentes para o avanço do seguro rural no Brasil. A iniciativa de conformação da Cátedra é bem interessante, pois os usuários poderão relatar diretamente às seguradoras e corretores problemas identificados em produtos de seguro específicos para o agronegócio”, afirmou.

Segundo a assessora técnica, a discussão deve ir “muito além do volume de recursos necessário para o programa de subvenção ao prêmio, para que o mercado de fato alavanque nos próximos anos”.

“O primeiro encontro foi muito produtivo, tivemos uma audiência significativa representando frações expressivas do agro e dos seguros, e ficou evidente a convergência de interesses. Na ocasião, tivemos a oportunidade de elencar uma série de pontos entendidos como obstáculos para a evolução necessária dos seguros no ambiente do agronegócio, numa evidência da capacidade desse grupo no rompimento das barreiras do seguro”, afirmou Jorge Souza, coordenador da Cátedra.

Segundo Souza, nos próximos encontros o objetivo é debater esses pontos e agrupá-los por temas, e formar grupos de trabalho específicos para um maior aprofundamento na busca de soluções para esses temas. “As conclusões desses grupos de trabalho serão apresentadas em um evento a ser organizado para esse fim e encaminhadas para as competências públicas e privadas”.

Temas como conjuntura do agro, seguro, gerenciamento de riscos, produtos, canais e comunicação, por serem prementes e que indicaram possibilidade de soluções e implementações no curto prazo, vão ter uma abordagem mais objetiva por meio de painéis curtos que estão sendo organizados com representantes dessa Cátedra.

Fonte: CNA

Texto originalmente publicado em:
CNA Brasil
Autor: CNA

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.