As lavouras de milho safrinha começaram a ser colhidas na região de Campo Novo do Parecis, no oeste do Mato Grosso. A informação foi dada por fonte do Sindicato Rural do município, que concedeu entrevista exclusiva à Agência SAFRAS. “Cerca de 2% a 3% da área já foi colhida”, relata. “Os trabalhos devem acelerar na segunda quinzena de junho”, ressalta.

As perdas com a estiagem são irreversíveis na região. “Devem oscilar entre 5% e 10%”, prevê a fonte. As lavouras plantadas mais cedo sofreram menos com a seca. “As tardias estão piores”, destaca.

O tempo está seco agora, o que deve favorecer os trabalhos de colheita. “O que preocupa é a palha seca após a colheita, que pode favorecer as queimadas”, pondera o entrevistado.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Rodrigo Ramos - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.