Os surtos populacionais de ácaros fitófagos têm se tornado cada vez mais freqüentes em lavouras de soja no Brasil, passando do status de praga secundária para uma ameaça recorrente na cultura. No país, são conhecidas seis espécies de ácaros associados à soja com potencial de causar dano econômico, sendo o ácaro-verde e o ácaro-rajado os mais comuns. Os demais ácaros-praga incluem três espécies de ácaro-vermelho e o ácaro-branco (Figura 1).

Figura 1. Principais ácaros-praga associados à cultura da soja: ácaro-branco (P. latus), ácaro-vermelho (T. desertorum, T. gigas e T. ludeni), ácaro-verde (M. planki) e ácaro-rajado (T. urticae).

Fonte: Embrapa. Confira a imagem original clicando aqui 

O ácaro-verde (Mononychellus planki) é o ácaro mais frequente em soja no Brasil, embora seja menos agressivo que os demais. É comumente encontrado em baixas densidades populacionais; porém, períodos de estiagem durante a fase de enchimento de grãos da cultura podem favorecer a ocorrência de surtos populacionais da praga.

Os sintomas de ataque do ácaro-verde são pontuações claras (células mortas) que se iniciam próximo às nervuras das folhas, posteriormente expandindo-se para o restante do limbo foliar. Ambos os lados das folhas são afetados, porém mais intensamente na face inferior. O ataque ocorre em grandes reboleiras, de coloração opaca, que comprometem o desenvolvimento normal das plantas de soja (Figura 2).

Figura 2. Reboleira causada pelo ácaro-verde em lavoura de soja

Fonte:D.R. Sosa-Gómez.Confira a imagem original clicando aqui 

O ácaro-rajado (Tetranychus urticae) é a segunda espécie mais frequente em soja no Brasil, sendo habitualmente mais agressiva que o ácaro-verde. O dano consiste na perfuração das células no limbo foliar, reduzindo a taxa fotossintética da planta. O ataque é desuniforme ao logo da planta e da lavoura, sendo que folhas de uma mesma planta podem apresentar intensidades de ataques muito diferentes.

O sintoma inicial nas plantas atacadas é de clorose, com pequenas pontuações claras nas folhas que aumentam rapidamente de tamanho e evoluem para manchas contínuas acinzentadas (Figura 3). Sob infestações severas ocorre desfolha precoce, afetando a produtividade de grãos e, em casos extremos, ocasionando a morte da planta.

Figura 3. Sintomas de ataque do ácaro-rajado em folhas de soja

Fonte: Grupo de Manejo e Genética de Pragas. Confira a imagem original clicando aqui 

As espécies de ácaros-vermelhos (Tetranychus desertorum, Tetranychus gigas e Tetranychus ludeni) que ocorrem em soja são semelhantes entre si (Figura 4). O ataque ocorre em reboleiras, iniciando nas folhas mais velhas para depois generalizar-se por toda a planta, inclusive nas folhas do ponteiro. Inicialmente, as folhas atacadas apresentam pequenas manchas avermelhadas entre as nervuras, posteriormente cobrindo toda a folha o ocasionando sua senecência.

Figura 4. Ácaro-vermelho em soja

­

Fonte: Coagril. Confira a imagem original clicando aqui 

Por fim, o ácaro-branco (Polyphagotarsonemus latus) é a espécie menos frequente em lavouras de soja no Brasil, geralmente ocorrendo em baixas densidades populacionais. Os sintomas mais comuns em plantas de soja atacadas por essa espécie são folhas encarquilhadas, podendo ser confundido com viroses. Isso ocorre porque esse ácaro ataca brotos e folhas novas, prejudicando o processo de expansão das folhas.

Hastes e vagens em desenvolvimento também podem ser atacadas pelo ácaro-branco. A deformação causada nos folíolos é sempre simétrica e ocorre com a mesma intensidade nos três folíolos da mesma folha. Em altas infestações, o ácaro-branco ataca também as vagens, tornando-as bronzeadas e retorcidas (Figura 5).

Figura 5. Sintoma de ataque do ácaro-branco em soja

Fonte: Samuel Roggia, Embrapa Soja, disponível na Revista Cultivar. Confira a imagem original clicando aqui 

Considerações finais

Os danos ocasionados por ácaros fitófagos reduzem a eficiência fotossintética das plantas de soja e, em casos extremos, resultam na sua morte. Algumas espécies de ácaros (como M. planki e T. urticae) são mais abundantes no Brasil, enquanto outras (como P. latus) ocasionam danos característicos, deformando a arquitetura das plantas de soja. Neste sentido, é de fundamental importância a correta identificação dos ácaros-praga e de seus inimigos naturais, visando aprimorar as estratégias de manejo para essa praga na cultura da soja.



Elaboração:

Revisão: Henrique Pozebon, Mestrando PPGAgro  e Prof. Jonas Arnemann, PhD. e Coordenador do Grupo de Manejo e Genética de Pragas – UFSM

 REFERÊNCIAS:

 GIRALDELI, A. L. 11 pragas da soja que podem acabar com sua lavoura. Atualizado em 14 de setembro de 2018. Lavoura 10. Disponível em https://blog.aegro.com.br/pragas-da-soja/

GOMEZ, D. R. S. Ageitec – Agência Embrapa de Informação Tecnológica. Disponível em https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/soja/arvore/CONT000fznzu9ib02wx5ok0cpoo6ab3zzjys.html

MOMBELLI, D. J. Ácaros na cultura da soja. COAGRIL. Disponível em http://www.coagril-rs.com.br/informativos/ver/52/acaros-na-cultura-da-soja

MOSCADI, F. et al.Artrópodes que atacam as folhas de soja. Embrapa. Cap. 4. Disponível em http://www.cnpso.embrapa.br/artropodes/Capitulo4.pdf

PADILHA, G. et al. Damage assessment and economic injury level of the two-spotted spider mite Tetranychus urticae in soybean. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.55, e01836, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/S1678-3921.pab2020.v55.01836

ROGGIA, S. Minúsculos e ofensivos: ataques de ácaros na soja. Revista Cultivar. Disponível em https://www.grupocultivar.com.br/artigos/minusculos-e-ofensivos-ataques-de-acaros-na-soja

ROGGIA, S., GOMEZ, D. R. S. Manejo de ácaros-praga em soja. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Soja. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Disponível em https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/54312/1/folder-acaros-soja-COAMO.pdf

ROGGIA, S. Manejo integrado e ações preventivas contra ácaros em soja. Embrapa Soja. Revista Cultivar. Disponível em https://www.grupocultivar.com.br/artigos/manejo-integrado-e-acoes-preventivas-contra-acaros-em-soja

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.