Em vídeo divulgado no canal do Youtube Professores Alfredo & Leandro Albrecht, Leonardo, pesquisador da UFPR e um dos membros do grupo Supra Pesquisa, mostra uma área demonstrativa em dia de campo da C.Vale 2020 no oeste do estado do Paraná onde foi utilizado milho em consórcio com a brachiaria para o controle de plantas daninhas.


Veja também: Consórcio milho + braquiária no manejo de plantas daninhas


O experimento foi realizado utilizando milho em consórcio com brachiaria com 90 cm de espaçamento em comparação com o milho solteiro, também com 90 cm de espaçamento.

Leonardo destaca que, é visível a variedade e quantidade de plantas daninhas presentes na entrelinha do cultivo do milho solteiro quando comparado ao cultivo consorciado com a brachiária, onde o controle de plantas daninhas se deu em virtude da cobertura desse solo com a braquiária.



Outro benefício da realização desse consórcio destacado pelo pesquisador foi que além da supressão de plantas daninhas, ao final do ciclo de cultivo dessa cultura, tem-se um excelente acúmulo de palhada, que pode variar entre 3 a 5 toneladas, que irão contribuir com a cobertura desse solo futuramente.

Além disso, a Brachiaria ruziziensis, que é a espécie mais indicada para esse tipo de cultivo é uma cultura de fácil manejo, é facilmente dessecada com glifosato e não forma touceiras.

Confira o vídeo abaixo.


Inscreva-se agora no canal dos Professores Alfredo & Leandro Albrechtaqui.



Elaboração: Engenheira Agrônoma Andréia Procedi – Equipe Mais Soja.

 

Foto de capa: Fonte: SOESP.

 

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.