Os valores do milho registraram comportamentos diferentes dentre as regiões acompanhadas pelo Cepea na semana passada.

Quedas nos preços foram observadas nas praças do Paraná e de Mato Grosso do Sul, devido, de modo geral, à expectativa de melhora do clima no Brasil.

Em São Paulo, por outro lado, as cotações permaneceram firmes por causa da retração vendedora.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas/SP) subiu leve 0,58% de 14 a 21 de maio, indo para R$ 101,93/saca. De modo geral, a liquidez segue baixa. Boa parte dos produtores já quitou as dívidas e não tem necessidade imediata de caixa.

Do lado dos consumidores, muitos estão preferindo consumir estoques, apostando na previsão de chuvas para os próximos dias, o que deve melhorar o desenvolvimento das lavouras e, consequentemente, a produtividade, aumentando a oferta.

Fonte: www.cepea.esalq.usp.br

Texto originalmente publicado em:
Cepea
Autor: Cepea/Esalq

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.