InícioDestaqueMilho fechou em baixa na quinta-feira com vendas fracas

Milho fechou em baixa na quinta-feira com vendas fracas

FECHAMENTOS DO DIA 16/05

A cotação de julho24, referência para a nossa safra de verão, fechou em baixa de -1,19 % ou $ -5,50 cents/bushel a $ 457,00. A cotação para setembro24, fechou em baixa de -1,16 % ou $ -5,50 cents/bushel a $ 467,75.

ANÁLISE DA BAIXA

O milho negociado em Chicago fechou em baixa nesta quinta-feira. As cotações foram pressionadas pelos dados de vendas externas dos Estados Unidos que vieram mais próximos do piso das estimativas do mercado.

A redução da seca em áreas de cultivo dos EUA também pressionou a commodity. De acordo com o Monitor da Seca do país, 12% da área destinada ao milho apresentava algum nível de estiagem na última semana, ante 14% na semana anterior. Em Iowa, o principal produtor de milho do país, a parcela do solo com seca moderada diminuiu de 37,31% para 27,43%. Já a parcela com estiagem severa caiu de 19,35% para 16,09%. Fortes chuvas previstas para a próxima semana no leste do Meio-Oeste dos EUA, no entanto, devem atrasar o plantio.

B3-MERCADO FUTURO DE MILHO NO BRASIL
B3: Em tom de mercado técnico, traders não arriscam passar dos R$ 60,00, e B3 tem rebote

Os principais vencimentos de milho fecharam o dia em variações negativas nesta quinta-feira (16). A luz amarela foi acesa para os traders, já que com os vencimentos passando ligeiramente dos R$ 60,00 a saca no dia de ontem, e até R$ 71,22 no março/25, abriram-se espaços para vendas técnicas.

O que é verdade no mercado físico, também vira verdade poraqui: os R$ 60,00 por saca viraram o coringa, o número a se arriscar, em que poucos transitam, principalmente depois dos números trazidos pela Conab nesta semana.

OS FECHAMENTOS DO DIA 16/05

Diante deste quadro, as cotações futuras fecharam em variações positivas: o vencimento de julho/24 foi de R$ 59,15 apresentando baixa de R$ 0,87 no dia, alta de R$ 0,36 na semana; setembro/24 fechou a R$ 62,18, baixa de R$ 1,02 no dia, baixa de R$ 0,03 na semana; o vencimento novembro/24 fechou a R$ 65,15, baixa de R$ 0,93 no dia e alta de R$ 0,08 na semana.

NOTÍCIAS IMPORTANTES
BRASIL-RS PERDEU CERCA DE 1,1 MT DE MILHO COM A ENCHENTE

O RS produziu 5,13 MT de milho-verão nesta temporada, que começou a colher em dezembro e usou cerca de usou 427 mil de milho próprio por mês x 5 meses = 2,14 MT. A diferença ou estava nos silos ou nos campos e deve ter sido perdida, pelo menos a metade disto (1,1 MT).

EUA-CLIMA MAIS SECO

O clima durante o fim de semana mostra grande parte do oeste do Cinturão de Milho mais seco, com partes do sul desta região com precipitação esperada próxima de 25,4-38,1 mm. Todo o cinturão do milho parece mais úmido na próxima semana.

EUA-EXPORTAÇÕES NO MENOR VOLUME EM 4 SEMANAS

O relatório de vendas de exportação do USDA desta manhã mostrou reservas de milho da safra velha em 742.177 toneladas para a semana encerrada em 9 de maio, ficando no lado mais baixo das estimativas. Esse foi o menor nível em 4 semanas e uma queda de 16,5% em relação à semana passada. O México foi o maior comprador de 244.400 toneladas, com o Japão comprando 241.300 toneladas. As reservas de safra nova chegaram ao máximo de três semanas, de 128.230 toneladas métricas, todas para o México.

COLHEITA DO MILHO NA ARGENTINA

A colheita de milho na Argentina alcançou 25,4% da área apta na última semana, avanço de 2 pontos porcentuais ante a semana anterior. Segundo a Bolsa de Cereais de Buenos Aires, os trabalhos continuam avançando lentamente por causa da umidade dos grãos, que ainda não diminuiu para um nível ideal.

O rendimento médio nacional está em 8.400 quilos por hectare, e a estimativa de produção foi mantida em 46,5 milhões de toneladas. A parcela da safra de milho em condição entre normal e excelente caiu de 58% para 54% na semana. Já a parcela em condição regular ou ruim passou de 42% para 46%.

Fonte: T&F Agroeconômica



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)


 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares