A cultura no RS chegou em 98% da área de 944.549 hectares estimada para a safra. O tempo favorável em todas as regiões permitiu aos produtores avanços no preparo de novas áreas e plantios. As lavouras estão 100% na fase de desenvolvimento vegetativo.

Na regional de Bagé, o tempo favorável proporcionou aos produtores a intensificação do preparo do solo e do plantio da cultura, chegando a 95% da área de 415.278 hectares da intenção de plantio para a região. Em Hulha Negra, Uruguaiana e Rosário do Sul, a semeadura foi finalizada. Os produtores continuam executando tratos culturais para o controle de ervas daninhas, adubação de cobertura e manejo da irrigação.

Na região da Emater/RS-Ascar de Pelotas, a semeadura foi realizada em 99% da área prevista de 158.416 hectares para a safra. As lavouras têm sido favorecidas por dias de temperaturas elevadas (35°C), secos e com alta radiação solar. Os produtores seguem realizando tratos culturais.

Na regional de Porto Alegre, o plantio chegou em 92% do total de 206.860 hectares estimados para a safra. As atividades de plantio seguem intensificadas, objetivando a conclusão dentro do período previsto pelo zoneamento agroclimático para a região. Já são realizados os tratos culturais imediatamente subsequentes à semeadura – controle de invasoras e pragas, aplicação de fertilizantes em cobertura e irrigação.



O reduzido regime de chuvas, os dias ensolarados e as altas temperaturas ocorridas em novembro ainda surtem efeitos positivos no desenvolvimento vegetativo. Este quadro favorável melhora também a uniformidade das lavouras, prejudicadas anteriormente pelo excesso de chuvas no período de plantio.

Na regional de Soledade, a semeadura foi intensificada, e a implantação chegou a 93% da área prevista de 29.868 hectares para a safra. As lavouras recebem tratos culturais de adubação nitrogenada em cobertura, controle de plantas invasoras e manejo da água.

Na região de Santa Maria, a área semeada chegou em 92% da intenção de plantio para a safra – total estimado de 126.107 hectares. Os produtores realizam os tratos culturais nas lavouras e ultimam o preparo de novas áreas de plantio e do restante das semeaduras.

Na regional de Santa Rosa, as lavouras implantadas seguem apresentando bom aspecto geral, e os produtores realizam tratos culturais.

Mercado (saca de 50 quilos)

Conforme o levantamento semanal de preços da Emater/RS-Ascar, o preço médio do arroz no RS alcançou R$ 45,50, com aumento de 0,04% em relação à semana anterior. Na regional de Bagé, o preço médio alcançou R$ 45,00; em Soledade, R$ 43,20. Na região de Porto Alegre, o preço médio chegou em R$ 45,10 e em Santa Maria, foi de R$ 44,70. Na região de Pelotas, o preço variou entre R$ 46,00 e R$ 48,50. Na de Santa Rosa, o preço do cereal estabilizou e foi comercializado a R$ 44,00/sc.

Fonte: Emater/RS

Texto originalmente publicado em:
Emater/RS
Autor: Informativo Conjuntural - nº 1584

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.