InícioDestaqueO Brasil escoou, em mai/24, 229,44 mil t de pluma, o maior...

O Brasil escoou, em mai/24, 229,44 mil t de pluma, o maior volume registrado para o mês em análise, segundo a Secex

De acordo com o Imea, em mai/24, as vendas da pluma da safra 22/23 em MT alcançaram 96,27% da produção total do ciclo, avanço mensal de 3,96 p.p., negociadas a um preço médio de R$ 130,71/@.

Quanto à safra 23/24, as negociações avançaram apenas 1,74 p.p. em maio/24 ante abr/24, atingindo 60,85% da produção estimada, com preço médio mensal de R$ 131,68/@ (-5,23% ante abr/24). Devido aos preços menos atrativos, as negociações estão 5,94 p.p. atrasadas em relação ao mesmo período da safra passada.

Para o ciclo 24/25, o cenário também é de avanço limitado, uma vez que as perspectivas de boa produção nos EUA pressionaram os preços futuros da fibra, impactando nas novas vendas do estado. Com isso, a comercialização alcançou 13,83% em mai/24, com avanço mensal de 2,44 p.p., a um preço médio de R$ 126,14/@.

DIMINUIÇÃO: devido às boas condições das lavouras dos EUA, o preço da pluma do contrato de jul/24 na bolsa de NY apresentou declínio de 7,10% na semana.

REDUÇÃO: a paridade de dez/24 exibiu queda de 4,60% no comparativo semanal, em decorrência do recuo no preço do contrato de dez/24 na bolsa de NY.

AUMENTO: o preço do dólar corrente futuro registrou incremento de 1,70% em relação à semana passada, ficando precificado na média semanal de R$ 5,28/US$.

O Brasil escoou, em mai/24, 229,44 mil t de pluma, o maior volume registrado para o mês em análise, segundo a Secex

Do montante escoado pelo Brasil em mai/24, MT participou com 67,82% dos embarques, totalizando volume recorde para o período de 155,60 mil t. Ainda, quando analisado o acumulado de exportação do ciclo (22/23), até o momento (ago/23 a mai/24) o estado já exportou 1,48 milhão de t, 69,89% maior que o do mesmo período da safra 21/22.

Cabe destacar que esse cenário é reflexo, principalmente, da maior produção de pluma na safra 22/23, somada com a recuperação da demanda dos maiores consumidores mundiais da fibra. No que tange aos principais compradores da pluma de MT, destacam-se a China, o Vietnã e Bangladesh, responsáveis por 48,63%, 16,32% e 11,52% dos embarques totais do acumulado, respectivamente.

Por fim, mesmo com a baixa registrada nos preços da fibra, a receita total do acumulado já é 67,86% maior que a observada no mesmo período do ciclo passado, totalizando US$ 2,82 bilhões.

Confira o Boletim Semanal do Algodão completo, clicando aqui!

Fonte: IMEA



 

FONTE

Autor:Boletim Semanal do Algodão

Site: IMEA

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares