De acordo com o Imea, a comercialização do milho da safra 22/23 alcançou 97,39% do total da produção, avanço mensal de 0,42 p.p. ante abr/24. Esse menor incremento está atrelado ao desinteresse nas negociações no mercado disponível.

Já no ciclo 23/24 os negócios em MT chegaram a 37,39% do total da produção estimada em mai/24, avanço de 4,64 p.p. ante o mês anterior. Esse avanço foi pautado pela alta de 3,13% no preço, que ficou na média de R$ 37,92/sc. Além disso, as melhores perspectivas na produção do ciclo também contribuíram para as vendas.

Na temporada 24/25, os negócios alcançaram 3,23% do total da produção esperada, avanço mensal de mai/24 ante abr/24 de 1,63 p.p. Apesar do incremento, as vendas ainda estão lentas devido ao desinteresse dos produtores em travarem os negócios, além da queda de 2,38% no preço médio negociado, que finalizou mai/24 na média de R$ 36,52/sc.

QUEDA: o preço do milho na B3 fechou em queda de 3,18% ante a última semana, ficando na média de R$ 57,08/sc, devido ao impacto da medida provisória do PIS/Cofins.

RETRAÇÃO: com o avanço da semeadura nos EUA, a CME-Group apresentou queda de 2,26% no comparativo semanal, e ficou cotada a US$ 4,45/bu.

ALTA: 0 dólar corrente futuro apresentou valorização de 1,70% ante a semana anterior e fechou na média de R$ 5,28/US$.

De acordo com a Secex, em mai/24 as exportações de milho atingiram 0,33 mi de t em Mato Grosso, 39,86% a mais que no mesmo período de 2023

Quando analisado o acumulado da safra 22/23, os envios totalizaram 29,16 milhões de toneladas no período de jul/23 a mai/24, acréscimo de 11,78% em relação ao ciclo 21/22 (jul/22 a mai/23). Esse aumento foi impulsionado, principalmente, pelo incremento da oferta de cereal disponível no estado, devido ao aumento da produção em MT (safra 22/23).

Desta forma, a maior oferta contribuiu para a abertura de novos mercados como por exemplo, a China. Vale destacar que, apesar da ausência nas compras nos últimos dois meses (abr e mai), o país asiático importou 16,19 milhões de toneladas de milho, o que representa 55,53% do total dos escoamentos do estado no período de jul/23 a mai/24.

Por fim, faltando um mês para o fim do ciclo de exportação da safra 22/23, o Imea projeta que será escoado um volume total de milho de 29,85 milhões de toneladas.

Confira o Boletim Semanal do Milho completo, clicando aqui!

Fonte: IMEA



 

FONTE

Autor:Boletim Semanal do Milho

Site: IMEA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.