InícioDestaqueOs 10 “S” da Produtividade da Soja: Sucesso

Os 10 “S” da Produtividade da Soja: Sucesso

Autor: Thomas Newton Martin – Professor da UFSM

O sucesso pode ser definido de diferentes formas, mas cada produtor deve ter claro o que significa sucesso para sí. Com isso, pode-se traçar diferentes estratégias para que o sucesso seja alcançado. Pode-se definir sucesso com base em se ter o recorde produtivo da cultura da soja para um dado sistema ou maximizar o rendimento econômico por hectare com a cultura da soja, ou ambos os objetivos. Mas também pode-se entender como explorar um nicho do mercado como produção orgânica de soja.

Diversos autores e “coachings” estabelecem que o sucesso é um ciclo virtuoso. O ciclo inicia-se com o potencial ou energia, em segundo momento tem-se a ação, depois resultados e por último as crenças pessoais. Esse é um diagrama que se retro alimenta em que é necessário realizar avaliações constantes.

O potencial ou energia, é tudo aquilo que você coloca (energia) ou tem (potencial) para desenvolver a agricultura, podendo ser uma nova estratégia um novo conhecimento ou uma nova forma de organizar a produção. Pode-se entender da seguinte forma, o agricultor pode investir toda a sua energia/potencial para que algo dê certo (independente da escala que ele escolher). Mas isso, também pode ser parcial ou nula (deixar que os resultados venham por si só).

A ação, é a forma com que algo é feita, isso é resultante do potencial ou da energia investida. Se for investido muita energia, a ação terá mais resultado. Porém, a ação acaba sendo limitada pela energia lançada. Da mesma maneira, os resultados virão proporcionais ao investido nas etapas anteriores. Resultados positivos, tendem a vir após um grande investimento em energia e ação. Contudo, aguardar resultados sem investimento de energia e ações é algo como colher sem semear. As crenças pessoais serão alimentadas pelos resultados obtidos. Aqui está um grande perigo, os resultados são proporcionais a energia e as ações investidas.

Então deve-se realizar uma auto análise crítica e independente para observar se os resultados obtidos seriam os mesmo se fosse colocado toda a energia e as ações necessárias para que o objetivo fosse alcançado. Talvez algum resultado insatisfatório ocorrerá pela falta de energia ou de ação efetiva para que o objetivo fosse alcançado. Muitas vezes é mais fácil atribuir-se a causa do insucesso a terceiros e não assumir a sua parte da responsabilidade. Então:

“A disciplina ativa vence a inteligência preguiçosa.”

Confira o E-book completo aqui! 


Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares