Os últimos lançamentos em soja para o RS e SC serão apresentados pela Embrapa na Tecnoeste, que acontece de 18 a 20 de fevereiro, em Concórdia, SC. A empresa também vai apresentar os resultados das pesquisas em ILPF.

O programa de melhoramento de soja na região fria do Brasil é conduzido pela Embrapa Trigo (Passo Fundo, RS), direcionado atualmente para atender a demanda dos produtores por cultivares transgênicas capazes de somar características como potencial produtivo, hábito de crescimento indeterminado e sanidade.

A cultivar BRS 5601RR chegou às lavouras neste ano, indicada às regiões 102 e 103 na Macrorregião Sojícola 1, conquistando produtores devido o ciclo precoce e o alto potencial produtivo. A média na produção comercial de sementes foi de 78 sacos por hectare.

Outro destaque é a cultivar BRS 6203RR capaz de aliar produtividade com amplitude na janela de semeadura. A época recomendada inicia em outubro e se estende até 30 de novembro, permitindo tranquilidade ao produtor no ajuste das operações de semeadura em função do tempo e da otimização do maquinário. A cultivar está indicada para as regiões 101, 102 e 103 na Macrorregião Sojícola 1.

O lançamento deste ano é a cultivar BRS 5804RR que apresenta resistência a podridão radicular de fitóftora, problema recorrente em solos com excesso de umidade e áreas sem rotação de culturas. O potencial de rendimento da cultivar está acima de 100 sacas por hectare, com indicação para cultivo para as regiões 102 e 103 na Macrorregião Sojícola 1.

Sistemas Integrados

Os visitantes do Tecnoeste poderão conferir de perto o uso do sistema de produção Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e os resultados nas pesquisas conduzidas pela Embrapa e o Instituto Federal Catarinense – Campus Concórdia. Na unidade de experimentação de nove hectares no IFC-Concórdia são conduzidos estudos sobre fertilizantes orgânicos em culturas de grãos e pastagens, além de custos de produção e renda em sistemas integrados.

Na vitrine de tecnologias serão apresentadas diversas opções de forragem animal, como o capim sudão BRS Estribo, o capim elefante BRS Kurumi, o sorgo granífero BRS 380 e o sorgo silageiro BRS 658.

O Show Tecnológico Rural do Oeste Catarinense é uma realização da Copérdia e do Instituto Federal Catarinense, Campus Concórdia. O evento acontece de dois em dois anos e atrai agricultores, estudantes e empresas do complexo agroindustrial.

Fonte: Embrapa

Texto originalmente publicado em:
Embrapa Trigo
Autor: Joseani M. Antunes - Embrapa Trigo

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.