Conhecer características morfológicas e fisiológicas da soja auxiliam o produtor na escolha da cultivar, na definição de práticas de manejo, entro outros tratos culturais. Uma das principais informações que se deve ter da cultivar de soja é seu tipo de crescimento.

Segundo Zanon et al. (2018), atualmente são semeadas no Brasil cultivares com hábito de crescimento determinado, semi-determinado e indeterminado. Os autores destacam que nos últimos anos tem-se observado um aumento do uso de cultivares de tipo de crescimento indeterminado, principalmente em regiões que utilizam cultivares com grupo de maturação relativa inferior a 8.0. Além disso a utilização de cultivares com tipo de crescimento indeterminado flexibilizou a semeadura da soja, possibilitando a antecipação ou atraso da semeadura, principalmente no Sul do Brasil.

Mas quais as principais diferenças entre os tipos de crescimento?

Segundo Thomas (2018), o tipo de crescimento da soja refere-se principalmente à haste principal da planta, além disso, a definição do tipo de crescimento leva em consideração do início do florescimento da soja, mais especificamente o estádio R1, que segundo escala fenológica de Fehr & Caviness (1977) refere-se ao surgimento da primeira flor aberta em qualquer nó da haste principal da planta.

Cultivares com crescimento determinado

Conforme destacado pela Embrapa, cultivares de soja com tipo de crescimento determinado apresentam simultaneidade no florescimento, o qual ocorrendo praticamente todo ao mesmo tempo. Além disso, em teoria, após o início do florescimento a plantas cresce pouco e não mais ramificam. Folhas da parte superior e inferior da planta apresentam dimensões praticamente iguais; apresenta um racemo longo e com muitas vagens no nó terminal (Embrapa).

Cultivares com crescimento indeterminado

Após o início do florescimento, a planta continua crescendo e emitindo nós na haste principal, podendo até mesmo dobrar sua estatura. O florescimento da planta não ocorre de forma simultânea, sendo observado primeiramente na parte inferior da planta e ascendendo para a parte superior, sendo assim, é comum observar vagens em desenvolvimento da parte inferior da planta e flores na parte superior. Folhas da base são maiores em comparação a folhas da parte superior do dossel e o nó terminal apresenta poucas vagens. Embora floresçam em momentos distintos, praticamente todas as vagens alcançam a maturação fisiológica ao mesmo tempo.

Cultivares com crescimento semi-determinado

Essas cultivares por sua vez apresentam características tanto do tipo de crescimento determinado quanto do tipo de crescimento indeterminado. Para a determinação desse tipo de crescimento pode-se utilizar metodologias como a proposta por Bernard em 1972 a qual é mais subjetiva e não define parâmetro quantitativos, ou metodologias como a proposta por Thseng & Hosokawa (1972), em que leva em consideração o número de nós e no tipo semi-determinado ou semi-indeterminado o aumento do número de nós no caule depois do início do florescimento é igual ou menor que o número de nós até o início do florescimento (Thomas, 2018).

Veja também: Soja – O que é GMR?

Referências:

EMBRAPA. TIPOS DE CRESCIMENTO. Agência Embrapa de Informação Tecnológica. Disponível em: < https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/soja/arvore/CONT000fzr67crj02wx5ok0cpoo6ar6pq9g5.html#:~:text=As%20cultivares%20de%20soja%20podem,%C3%A9%20caracterizado%20pelos%20seguintes%20atributos%3A&text=Ap%C3%B3s%20o%20in%C3%ADcio%20do%20florescimento,pouco%20e%20n%C3%A3o%20mais%20ramifica.> acesso em: 16/10/2020.

FEHR, W.R.; CAVINESS, C.E. STAGES OF SOYBEAN DEVELOPMENT. Ames: Iowa State University, (Special Report, 80), 12p. 1977.

THOMAS, A. L. SOJA: TIPOS DE CRESCIMENTO DA PLANTA. UFRGS, Porto Alegre, 2018.

ZANON, A. J. et al. ECOFISIOLOGIA DA SOJA: VISANDO ALTAS PRODUTIVIDADES. Santa Maria, ed. 1, 2018.

ZANON, A. J. et al. et al. EFEITO DO TIPO DE CRESCIMENTO NO DESENVOLVIMENTO DE CULTIVARES MODERNAS DE SOJA APÓS O INÍCIO DO FLORESCIMENTO NO RIO GRANDE DO SUL. Bragantia, Campinas, Ahead of print, 2016.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube

 

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.