O GMR é um conceito importante para definir o posicionamento de uma cultivar de soja, pensando na máxima eficiência do uso de recursos e para alcançar altas produtividades. O conceito de GMR foi desenvolvido nos Estados Unidos e no Canada e se tornou o padrão para definir a adaptação de cultivares de soja ao fotoperíodo de uma região. Ao total existem 13 GMRs, começando com o triplo zero (000) para as cultivares adaptadas a regiões onde os dias são longos e o verão é curto (como por exemplo o Canada e o norte dos Estados Unidos), até o GMR 10, adaptado para regiões tropicais, com dias curtos (12 horas de sol) e pouca variação do fotoperíodo ao longo do ano. No trabalho desenvolvido por Alliprandini e seus colaboradores em 2009, foi realizada a primeira avaliação de cultivares de soja brasileira ao sistema de classificação norte americano.

Fonte: Alliprandini 2009

Figura 1. Grupos de maturidade relativa de soja preferenciais para as regiões produtoras de soja do Brasil. Para mais informações clique aqui.

A partir dos resultados encontrados por Alliprandini foram definidos os GMRs mais indicados para o cultivo da soja em cada região do Brasil e o período equivalente em dias, desde a emergência até a maturação (maturação foi considerada quando 95% das vagens estavam maduras). Como exemplo, para a região sul do Brasil uma cultivar com 120 dias ciclo apresentou um GMR próximo de 6.0. Para a região Centro-Oeste, uma cultivar com 120 dias ciclo apresentou um GMR próximo a 8.0. De acordo com os resultados desse trabalho, uma mesma região a cada ponto a mais no GMR (cultivar GMR 7.0 vs GMR 8.0), o período emergência até a maturação pode aumentar até 18 dias na região Centro Oeste e 15 dias na região Sul do Brasil.

Como exemplo prático, um produtor que costuma semear uma cultivar de GMR 6.0 na região Sul e tem interesse em introduzir uma cultivar de GMR 5.5, pode estimar que a maturação da lavoura ocorrerá uma semana antes em relação a cultivar de GMR 6.0. Através dessa informação é possível melhorar o planejamento da propriedade, ajustando a janela de semeadura e estimando a janela de colheita.

A partir desse trabalho, a classificação das cultivares de soja passou a ser definida utilizando o GMR ao invés do antigo sistema de classificação de cultivares (precoce, médio e tardio). Os GMRs preferenciais para a Região Sul variam de 5.0 a 8.0 e para a região Centro Oeste de 7.0 a 9.0 e próximo ao Equador de 9.0 a 10.0.

Redação: Michel Rocha da Silva

1 COMMENT

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.