A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços mais baixos. O mercado foi pressionado pelo avanço da colheita e pelas melhores condições das lavouras nos Estados Unidos. A queda do petróleo também pesou negativamente.

    O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou relatório sobre a evolução da colheita das lavouras de trigo de inverno. Até 2 de junho, a colheita estava apontada em 6%. Em igual período do ano passado, o número estava em 3% e a média dos últimos cinco anos é de 3%.

    Já sobre as condições das lavouras americanas de trigo de inverno, até 2 de junho, 49% estavam entre boas e excelentes condições, 33% em situação regular e 18% em condições entre ruins e muito ruins.

    As condições das lavouras americanas de primavera, segundo o USDA, até 3 de junho, 74% estão entre boas e excelentes condições, 24% em situação regular e 2% em condições entre ruins e muito ruins.

    No fechamento, os contratos com entrega em julho eram cotados a US$ 6,58 1/4 por bushel, baixa de 14,50 centavos de dólar, ou 2,15%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em setembro de 2024 eram negociados a US$ 6,80 por bushel, recuo de 14,00 centavos, ou 2,01% em relação ao fechamento anterior.

Acompanhe a Safras News em nosso site. Siga-nos também no InstagramTwitter e SAFRAS TV e fique por dentro das principais notícias do agronegócio!

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Safras News

FONTE

Autor:https://safras.com.br/trigo-fecha-em-forte-baixa-em-chicago-com-colheita-nos-eua-e-queda-do-petroleo/

Site: Agência Safras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.