InícioDestaqueValor Bruto da Produção (VBP) da Agropecuária encerra 2023 com recuo de...

Valor Bruto da Produção (VBP) da Agropecuária encerra 2023 com recuo de 2,6%

O Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária encerra 2023 com faruramento de R$ 1,25 trilhão, valor 2,6% menor que no ano anterior. O VBP é o faturamento bruto dentro dos estabelecimentos rurais, considerando as produções agrícolas e pecuárias, com a média de preços recebidos pelos produtores de todo o país. O ano de 2023 apresentou recorde de safra de grãos, dos 28 produtos que compõem este relatório, em 20 houve aumento da produção. Entretanto, os preços foram na contramão, uma vez que 15 produtos apresentaram redução real nos preços.Considerando os 10 produtos com as maiores participações para o VBP agropecuário brasileiro, que juntos representam 86% do VBP, tem-se que a variação da maior parte da produção desses produtos foi positiva, dado que somente o leite deve apresentar queda na produção (1%). Por outro lado, com relação aos preços, é esperado crescimento somente na cana-de-açúcar (8%), na suinocultura (10%) e nos ovos (21%). Dessa forma, mesmo com aumentos significativos da produção, esse crescimento não deve superar a queda nos preços, e, com isso, o VBP da agropecuária é menor 2,6% quando comparado ao resultado de 2022.

No ramo agrícola, a produção de grãos atingiu recorde de produção, mas também intensa queda nos preços. No caso da soja, cultura que representa 43,2% do VBP agrícola, é esperado aumento de 23,1% na produção, no entanto, projeta-se um VBP negativo de 0,7% em razão da queda real de 19,6% nos preços.

O milho, cultura que representa 17,0% do VBP agrícola, deve registrar aumento de 16,5% na produção e queda de 22,5% nos preços, provocando redução de 9,7% no VBP. Para o algodão (pluma), a produção deve aumentar 24,2%, contudo os preços devem cair 27%, acarretando redução de 9,3% do VBP.

Com relação ao café arábica, a melhoria da condição climática favoreceu a produção, que após duas safras consecutivas com quebra deve apresentar aumento de 8,9%, afetando os preços, que registram queda real de 21,5%, com isso o VBP deve reduzir 14,5%. Em contraste, a cana-de-açúcar deve registrar crescimento de 22,7% no VBP em 2023 devido ao aumento da produção em 13,2% e também dos preços em 8,5%. Esse aumento se deve a fatores exógenos: o mercado da Índia e da Tailândia, que ainda não se recuperaram de adversidades climáticas, impactaram positivamente os preços. Nesse contexto, o VBP estimado da agricultura é de R$ 852 bilhões em 2023, representando redução de 0,6% em relação a 2022.

Fonte: CNA – Valor Bruto da Produção – VBP -17 de janeiro de 2024

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares