No texto de hoje vamos conversar sobre a importância de comprar sementes certificadas, devido a garantia de qualidade do lote de sementes.

Como sabemos a germinação é a primeira etapa que ocorre no campo após a semeadura.

Podemos definir germinação como uma sequência ordenada de eventos metabólicos que resulta no reinício do desenvolvimento do embrião, originando uma plântula.

Mas, para que a nossa semente germine, é necessário que ela seja de qualidade, ou seja, que tenha um elevado potencial fisiológico.

A qualidade das sementes é uma das principais características, com foco de atenção da área de tecnologia de sementes.

A produção de sementes de alta qualidade incluem diversos fatores como:

  • escolha da região para produção das sementes;
  • isolamento da área;
  • presença de plantas daninhas;
  • manejo da área;
  • topografia;
  • sucessão de culturas;
  • localização e acesso a área produtora;
  • clima;
  • solo;
  • inspeções;
  • controle de pragas e doenças;
  • colheita;
  • secagem;
  • beneficiamento;
  • armazenamento;
  • transporte.

Todas as etapas de produção exigem qualidade, mas quando estamos nos referindo a campos de produção de sementes, a qualidade é ainda mais rígida.

Assim, podemos definir qualidade de sementes como o conjunto de características que determinam seu valor para a semeadura.

Este conjunto de características indicam o potencial de desempenho das sementes, considerando atributos genéticos, físicos, fisiológicos e de sanidade. 

Com isso, podemos chegar a definições e relações importantes sobre o potencial fisiológico e vigor de sementes.

Semente de alto vigor e de baixo vigor na plantação. Fonte: Brasmax.

Potencial fisiológico e vigor de sementes

O potencial fisiológico de sementes nos mostra informações sobre a viabilidade e o vigor das sementes.


Quer entender mais sobre nutrição, solos, construção do perfil do solo etc? Clique e confira nosso curso.


O vigor pode ser definido como a soma dos atributos da sementes que favorecem a obtenção de estande uniforme, no tempo mais curto.

A avaliação do potencial fisiológico permite identificar lotes de sementes com maiores probabilidades de apresentar o desempenho desejado.

Fonte: Abud et al. (2019).

Fatores que afetam o potencial fisiológico das sementes

Muitos fatores podem interferir, abaixo listei os principais:

  • genótipo;
  • condições climáticas durante a produção das sementes;
  • associação com insetos e microrganismos;
  • nutrição da planta-mãe;
  • época e o manejo durante a colheita;
  • ocorrência de injúrias mecânicas;
  • operações de secagem e beneficiamento;
  • condições e períodos de armazenamento;
  • tratamento químico. 

Quando a semente atinge o máximo potencial fisiológico?

O máximo potencial fisiológico da semente ocorre na maturidade, após isso, pode ter início o processo de deterioração.

Fonte: Júlio Marcos Filho.

Conclusões

No texto de hoje vimos a importância da qualidade de sementes, e da compra de sementes certificadas.

Vimos algumas definições como vigor e potencial fisiológico de sementes, qual a importância deles em tecnologia de sementes e quais fatores podem interferir.

No próximo texto vamos ver um pouco mais sobre os atributos de qualidade, que podem ser divididos em genéticos, físicos, fisiológicos e sanitários.

Gostou do texto? Tem mais dicas sobre vigor e potencial fisiológico de sementes? Adoraria ver o seu comentário abaixo?

Sobre a Autora: Ana Ligia Giraldeli, Sou Engenheira Agrônoma formada na UFSCar. Mestra em Agricultura e Ambiente (UFSCar) e Doutora em Fitotecnia (USP/ESALQ). Atualmente, estou cursando MBA em Agronegócios.

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.