Em vídeo divulgado no canal no Youtube pelo pesquisador Marcelo Gripa Madalosso é abordado sobre a aplicação zero na cultura da soja, que é o que está ocorrendo atualmente em muitas lavouras e consiste na aplicação antes da primeira aplicação de fungicidas propriamente dita, porém, essa aplicação não é considerada a primeira aplicação do programa.


Veja também: Mancha olho-de-rã ou fitotoxidade?


O pesquisador ressalta que se o produtor planejou realizar quatro aplicações na cultura da soja nesta safa e optar em realizar a aplicação zero, esta ocorre antes da primeira aplicação, no período entre V3 e V4, que é o momento da entrada do glifosato.

Mas e que produtos devem ser utilizados nesse momento?

Madalosso destaca que nesse período é interessante utilizarmos produtos com boa eficiência, porém com residual mais curto, como as misturas Triazol + Estrobilurinas, Triazol + Carbendazim ou então Triazol + multissítio.

Porém, uma questão importante ressaltada pelo pesquisador é de que a distância da aplicação zero para a aplicação primeira será de no máximo 12 dias, mas a primeira aplicação, com produto melhor não pode ser atrasada em virtude da aplicação zero, uma vez que a aplicação primeira é mais importante.

Atrasando a primeira aplicação todo o programa de manejo é atrasado, sem contar que aplicação zero possui um residual mais curto.

Dessa forma, o pesquisador cita que a aplicação zero nada mais é do que aproveitarmos o momento para reduzir inóculo de mancha, de oídio e proteção para a ferrugem, principalmente naqueles casos onde a semeadura foi atrasada.

Esse tipo de manejo já é uma tendência no campo e possivelmente será adotada de maneira mais abrangente nas próximas safras, porém deve-se sempre atentar para não atrasar a primeira aplicação de fungicidas do programa, destacou o pesquisador.

Confira o vídeo abaixo.



Elaboração: Engenheira Agrônoma Andréia Procedi – Equipe Mais Soja.

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.