Danos de percevejo em milho: ninfas ou adultos causam mais danos?

pragas percevejos milho
pragas percevejos milho

Dentre os fatores que podem prejudicar o desenvolvimento do milho, a incidência de pragas apresenta considerável participação e necessita de controle e manejo para diminuir a interferência na cultura. Segundo FERNANDES (2017), os percevejos podem diminuir consideravelmente a qualidade e quantidade de milho produzido. Além da diminuição da produtividade da cultura, os percevejos também atuam como agentes transmissores de doenças para as plantas, sendo vetores de transmissão.

Confira o texto completo clicando aqui.


Nitrogênio na cultura do milho: Recomendações na aplicação

Os fertilizantes são um dos componentes que geram maior custo na produção do milho, porém, são indispensáveis para se obter maior produtividade. O nitrogênio (N) é o nutriente mais acumulado na parte aérea pelas plantas e exportado nos grãos. Comprovadamente a utilização da adubação nitrogenada resulta em maior rendimento de grãos, por isso, é preciso saber a quantia certa a se aplicar e o momento mais apropriado, como forma de aumentar a eficiência do fertilizante, reduzindo custos e com menor impacto sobre o ambiente. Dentre os fertilizantes nitrogenados disponíveis comercialmente no mercado, as principais fontes são a ureia, nitrato de amônio e o sulfato de amônio, sendo a ureia a fonte mais utilizada e conhecida pelos produtores.

Confira o texto na íntegra clicando aqui.



Com a proibição do Paraquate, entenda o que muda no manejo de plantas daninhas após o dia 22/09/2020

Com data definida para 22 de setembro de 2020 o banimento do Paraquate no Brasil introduz um novo senário no manejo de plantas daninhas em várias culturas agrícolas. Com o produto banido, fica proibida a comercialização, importação e/ou uso do Paraquate em todo território Brasileiro. O Paraquate é um herbicida muito utilizado como dessecante em pré-semeadura de culturas agrícolas principalmente por não apresentar efeito residual no solo e também utilizado na dessecação em pré-colheita em várias culturas agrícolas.

Confira o texto completo aqui.


Coinoculação da soja, uma ferramenta de baixo custo e bons resultados

A semeadura da soja se aproxima e com ela práticas de manejo fundamentais para a obtenção de boas produtividades. Sendo o nitrogênio o macronutriente mais exigido pela cultura da soja, o processo de inoculação com bactérias do gênero Bradyrhizobium é fundamental para fornecer o nitrogênio necessária para boas produtividades de soja e evitar a suplementação do nutriente com fertilizantes nitrogenados.

Confira o texto completo clicando aqui.


Herbicidas em pré-emergência do milho tiguera e capim-amargoso controlam essas daninhas?

Com a semeadura da soja se aproximando, é fundamental atentar para o controle de plantas daninhas da área de cultivo, dando preferência para a semeadura “no limpo”. A matocompetição pode gerar perdas de produtividade significativas para a cultura da soja, sendo mais expressiva para algumas espécies de plantas daninha.

Confira o texto completo aqui.


Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.