InícioDestaqueDestaques da semana Mais Soja

Destaques da semana Mais Soja

Nitrogênio: importância, manejo e sintomas de deficiência

O nitrogênio pode ser absorvido por diferentes formas na planta, sendo que sua absorção pode ser oriunda da atmosfera, ou solo nas formas N2, NH4+ e NO3. A principal forma de absorção na maioria das culturas é NO3 por conta do processo de nitrificação que ocorre no solo. Para as culturas com capacidade de realizar a Fixação Biológica de Nitrogênio (FBN) como a soja por exemplo, a maior absorção do elemento se dá na forma de N2.

Veja completo aqui.



Como o sistema radicular influencia na produtividade da soja?

De acordo com dados da CONAB (2023), a área cultivada com a soja na safra 2022/23 foi de 44.072,9 milhões de hectares, com aumento significativo de 6,2% em relação à safra anterior. A produção total de soja durante o mesmo período alcançou a marca de 154.603,4 milhões de toneladas, registrando um aumento importante de 23,1% em relação à safra anterior. Em relação a produtividade, a produtividade média foi de 3,508 kg por hectare, o que representa um aumento de 15,9% em comparação com a safra anterior.

Veja o texto completo aqui.


Giberela e Manchas Foliares no Trigo

A Giberela do trigo (Triticum aestivum), causada por Gibberella zeae ou Fusarium graminearum, é uma doença de infecção floral. Santana et al. (2012), afirmam que lavouras infectadas por Giberela são identificadas devido à descoloração precoce das espiguetas. À medida em que o patógenos se desenvolve, as glumas das espigas adquirem uma cor salmão e as aristas podem projetar-se para fora das espigas, conferindo à espiga um aspecto arrepiado.

Artigo completo aqui.


Cigarrinha-do-milho: o que aprendemos com o monitoramento populacional

A semeadura da safra 2023/24 de milho se aproxima e, com ela, um dos maiores temores dos produtores: a cigarrinha-do-milho (Dalbulus maidis). Em locais mais quentes da região Sul, como o noroeste do Rio Grande do Sul e oeste de Santa Catarina, já se observam áreas semeadas com a cultura, bem como níveis populacionais alarmantes de D. maidis. Isso explica-se, em parte, pelo inverno ameno com pouca ocorrência de geadas, que possibilitou maior sobrevivência de milho voluntário nas lavouras. Essas plantas constituem uma ponte verde para a praga durante a entressafra, além de hospedar os patógenos causadores do complexo de enfezamentos (espiroplasma, fitoplasma e vírus-da-risca).

Veja mais aqui.


Soja: Estimativa de safra e preços futuros agitam mercado brasileiro

Após um mês de julho marcado pela melhora no ritmo dos negócios, o mercado brasileiro de soja tem registrado uma comercialização mais lenta em agosto.

A mudança de patamar nos contratos futuros na Bolsa Chicago (CBOT) fez o produtor adotar uma postura mais cautelosa, aproveitando os repiques para negociar.

Em função do clima seco nos Estados Unidos, o bushel em Chicago chegou a superar a casa dos US$ 14,20 no vencimento novembro no mês passado, favorecendo os negócios também no Brasil. No entanto, em agosto, com o clima melhorando, o vencimento chegou a ficar abaixo dos US$ 13,00.

Confira tudo aqui.


Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares