Os preços da soja no mercado brasileiro devem ser influenciados pelos ganhos do dólar frente ao real e pela consolidação da Bolsa de Chicago no território positivo – após mostrar volatilidade no início do dia. A elevação em ambos, porém, ainda é moderada. A proximidade das festas de fim de ano pode reduzir o volume de negócios.

Os preços da soja avançaram no Brasil nesta segunda-feira, diante da alta na Bolsa de Chicago e no dólar. No entanto, o mercado permaneceu “vazio” de ofertas, em ritmo de final de ano, praticamente sem negócios. As atenções seguem na finalização do plantio no país.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 140,00 para R$ 143,00. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 139,00 para R$ 142,00. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 145,00 para R$ 148,00.

Em Cascavel, no Paraná, o preço avançou de R$ 140,00 para R$ 141,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca passou de R$ 145,00 para R$ 146,00.

Em Rondonópolis (MT), a saca subiu de R$ 150,00 para R$ 152,00. Em ourados (MS), a cotação avançou de R$ 140,00 para R$ 142,00. Em Rio Verde (GO), a saca passou de R$ 138,00 para R$ 145,00.

Chicago 

Os contratos com vencimento em janeiro operam com alta de 0,58%, cotados a US$ 12,50 1/2 por bushel.

Em sessão volátil, agora o mercado se firmou no território positivo. O clima adverso na América do Sul e a greve dos trabalhadores do setor de soja na Argentina – o que atrapalha as exportações do país – sustentam as cotações.

Prêmios 

O prêmio em Paranaguá para janeiro ficou em 100 a 200 pontos acima de Chicago. Para fevereiro, o prêmio é de 77 a 80 pontos acima.

Câmbio 

O dólar comercial registra valorização de 0,13% a R$ 5,1300.

Indicadores financeiros 

  • As principais bolsas da Ásia encerraram em baixa. Xangai, -1,86%. Tóquio, -1,04%.
  • As principais bolsas na Europa operam em alta. Paris, +0,99%; e Londres, +0,42%.
  • O petróleo opera com perdas significativas. Janeiro do WTI em NY: US$ 47,27 o barril (-1,450%).
  • O Dollar Index registra alta de 0,17%, a 90,100 pontos.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Rodrigo Ramos - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.