Arroz 

A cultura no RS está com 17% das áreas colhidas, 36% maduro, 38% em enchimento de grãos e 8% em floração.

Nas principais regiões produtoras do Estado, Campanha e Fronteira Oeste, as condições climáticas da semana foram favoráveis ao desenvolvimento da cultura, porém está prevista redução da produção nesta safra, em virtude de pouca insolação, muitos dias nublados com chuvas e baixa temperatura à noite.

O mesmo acontece na Fronteira Noroeste, de diminuição na produtividade das lavouras a serem colhidas nas próximas semanas, em função das condições climáticas menos favoráveis observadas na floração e enchimento de grãos das lavouras mais tardias.

Na região Sul, há expectativa de boa produtividade e produção em razão da melhora nas condições do clima, com mais luminosidade e permanência das temperaturas altas. Nessa região, apenas 5% das áreas foram colhidas.



No Litoral e Centro-Sul, foi iniciada a colheita das variedades precoces plantadas no cedo, chegando a 11% da área em Camaquã. O manejo realizado na semana foi a condução da lavoura com irrigação, aplicação de coberturas e tratamentos fitossanitários, em alguns casos, conforme necessidade e cultivar.

Mercado (saca de 50 quilos)

Na semana, o arroz teve preço levemente em queda, cotado a R$ 39,83/sc., conforme o levantamento semanal de preços realizado pela Emater/RS-Ascar (Cotações Agropecuárias nº 2065). Esse dado representa queda de 0,30% no preço médio no Estado em relação aos preços praticados na semana anterior.

Fonte: Emater/RS

Texto originalmente publicado em:
Informativo Conjuntural - nº 1544
Autor: Emater/RS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.