De acordo com a avaliação do consultor de Safras & Mercado, Paulo Molinari, as enchentes registradas no Rio Grande do Sul não chegaram a trazer grandes impactos para o milho. “Como grande parte da safra de verão do estado já estava colhida, em termos de oferta proveniente das lavouras, os danos foram discretos”, detalha.

Molinari afirma que as enchentes no Rio Grande do Sul, contudo, trazem maiores dificuldades em termos de logística para o deslocamento do cereal. “Tal cenário está trazendo impactos nos setores demandantes, como bovinocultura e, especialmente, avicultura e suinocultura”, acrescenta.

Autor/Fonte: Arno Baasch / Safras News



 

FONTE

Autor:Arno Baasch / Safras News

Site: Safras & Mercado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.