InícioDestaqueMercado: Soja encerrou em baixa nesta terça feira

Mercado: Soja encerrou em baixa nesta terça feira

FECHAMENTOS DO DIA 21/05

O contrato de soja para julho24, referência para a safra brasileira, fechou em baixa de – 0,94%, ou $ -11,75 cents/bushel a $ 1236,25; A cotação de setembro24, fechou em baixa de -0,72 % ou $ -9,00 cents/bushel a $ 1234,00. O contrato de farelo de soja para julho fechou em baixa de -0,48 % ou $ -1,8 ton curta a $ 372,3 e o contrato de óleo de soja para julho fechou em baixa de -1,10 % ou $ -0,51/libra-peso a $ 45,81.

ANÁLISE DA BAIXA

A soja negociada em Chicago fechou em baixa nesta terça-feira. As cotações refletiram o rápido avanço do plantio nos Estados Unidos na semana passada. Na segunda, após o fechamento do mercado, o USDA informou que o plantio de soja no país estava 52% concluído no último domingo, em comparação a 35% na semana anterior, 61% um ano antes e 49% na média dos cinco anos anteriores.

Analistas esperavam um progresso mais lento, para 50%. A semeadura mais lenta era esperada pelas chuvas que foram registras anteriormente nas áreas de plantio. No entanto o produtor acelerou o processo e poderá se beneficiar, com o bom acúmulo de umidade no solo para o início do desenvolvimento da safra.

Traders também embolsaram lucros, após o mercado ter subido por três sessões consecutivas e acumulado ganho de 2,84% no período.

NOTÍCIAS IMPORTANTES
BRASIL/BUNGE RETOMA OPERAÇÕES GRADUALMENTE NO PORTO DE RIO GRANDE

A Bunge anunciou a retomada gradual das operações no Porto de Rio Grande após suspensão preventiva devido às chuvas e inundações na região. Enquanto o calado permanece limitado, outras tradings estão realocando navios para portos alternativos devido às dificuldades de acesso e carregamento.

A expectativa é de que as operações de esmagamento de soja sejam retomadas em breve, mas o incidente no Terminal Termasa pode demandar meses para reparo. As exportações de soja, embora favorecidas pela safra recorde, podem ser impactadas pelas condições climáticas adversas e perdas nas lavouras.

BRASIL-TROCA DE PORTOS

Rumores de que os embarques de 6 navios de soja e 2 de farelo foram cancelados em Rio Grande, no Brasil para embarque em outros portos, com altos custos, tanto para o embarcador como para o comprador.

CHINA IMPORTA MAIS DE 8 MT EM ABRIL

Dados alfandegários chineses mostram mais de 8 milhões de toneladas de soja importadas em abril, a maioria do Brasil. Estima-se que nesta segunda-feira, 20, os sojicultores brasileiros tenham vendido cerca de 900 mil toneladas. Por outro lado, houve rumores de que a China comprou 2 navios no PNW americano para julho e agosto.

ANEC REVISA PARA BAIXO ESTIMATIVA PARA EXPORTAÇÃO DE SOJA EM MAIO PARA 14,6 MILHÕES DE TONELADAS

A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) revisou para baixo sua estimativa para exportação de soja em grão em maio. O volume deve ficar entre 13 milhões de toneladas e 14,650 milhões de toneladas, contra até 15,259 milhões de toneladas projetadas na semana anterior.

De farelo de soja devem ser enviados ao exterior 2,292 milhões de toneladas, menos que as 2,433 milhões de toneladas apontadas na semana anterior. Na semana de 12 a 18 de maio foram exportados, segundo a entidade, 2,860 milhões de toneladas de soja em grão e
500,8 mil toneladas de farelo. Para a semana de 19 a 25 de maio, a previsão da Anec é de exportação de 3,899 milhões de toneladas de soja em grão e 471,8 mil toneladas de farelo.

Fonte: T&F Agroeconômica



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)


 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares