InícioDestaqueMercado: Soja fechou em alta com compras de oportunidade

Mercado: Soja fechou em alta com compras de oportunidade

FECHAMENTOS DO DIA 22/04

O contrato de soja para maio24, referência para a safra brasileira, fechou em alta de 0,91%, ou $ 10,50 cents/bushel a $ 1161,00. A cotação de julho24, referência para a safra brasileira, fechou em alta de 0,92 % ou $ 10,75 cents/bushel a $ 1176,50. O contrato de farelo de soja para maio fechou em alta de 0,17 % ou $ 0,6 ton curta a $ 344,3 e o contrato de óleo de soja para maio fechou em alta de 1,49 % ou $ 0,66/libra-peso a $ 45,04.

ANÁLISE DA ALTA 

A soja negociada em Chicago fechou em alta nesta segunda-feira. O mercado foi impulsionado por um movimento de cobertura de posições vendidas, após dados terem mostrado que fundos de investimento continuam apostando fortemente na queda das cotações.

De acordo com levantamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC), esses agentes elevaram sua posição líquida vendida em soja em 23,2% na semana até 16 de abril, de 126.357 para 155.692 lotes. Este é um dos maiores saldos vendidos já registrados para esta época do ano.

A falta de umidade no oeste e no norte do Meio-Oeste dos Estados Unidos também deu suporte aos preços. O desempenho do óleo de soja, que subiu mais de 1,5%, foi outro fator altista para as cotações.

NOTÍCIAS IMPORTANTES
BRASIL PRECISARÁ AUMENTAR INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA PARA ESCOAR PRODUÇÃO

O banco holandês Rabobank prevê que o volume de exportações de soja e milho do Brasil excederá a capacidade dos portos até 2027 devido ao crescimento esperado na produção desses grãos. A instituição aponta que os investimentos planejados para os próximos anos não serão suficientes para acompanhar o aumento da oferta. O banco sugere que o país precisa expandir a capacidade de processamento localmente e enfrentar desafios logísticos para garantir o escoamento da produção agrícola.

EUA-EXPORTAÇÕES MENORES NA SEMANA, MAS MAIORS QUE NO ANO PASSADO

Dados de inspeções de exportação do USDA mostraram que a soja caiu um pouco durante a semana que terminou em 18 de abril, em 435.256 toneladas. Isso ainda foi 14,6% acima da mesma semana do ano passado, apesar da queda de 7% em relação à semana anterior.

Mais da metade do total foi destinado à China, com 219.144 toneladas, enquanto outras 75.859 toneladas foram enviadas para a Indonésia e 71.250 toneladas para o México. As inspeções acumuladas no ano para a soja totalizaram 38.488 MMT (1.414 bbu), o que representa um declínio de 18,2% em relação ao ano passado.

CONAB-COLHEITA DE SOJA NO BRASIL

A colheita da safra brasileira de soja 2023/24 atingia, até o dia 21 de abril, 86,8% da área plantada no País, informou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em levantamento semanal de progresso de safra.

Há atraso de 2,2 pontos porcentuais em relação a igual período do ano passado e avanço de 3,6 pontos porcentuais em uma semana. Entre os Estados que estão retirando a oleaginosa do campo, apenas São Paulo concluiu os trabalhos.

Em seguida, vem Mato Grosso, com 99,5% dos trabalhos concluídos, seguido por Mato Grosso do Sul, com 99% da área ceifada. O Rio Grande do Sul, o último a iniciar a colheita, conta com 47% da área colhida, avanço de 9 pontos porcentuais em relação à semana anterior.

CROP PROGRESS

O plantio de soja estava 8% concluído, em comparação a 8% um ano antes e 4% na média dos cinco anos anteriores, disse o USDA.

Fonte: T&F Agroeconômica



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)


 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares