InícioDestaqueMilho - BR: Colheita atinge 88,1% da área cultivada no país

Milho – BR: Colheita atinge 88,1% da área cultivada no país

Em MG, a colheita está quase finalizada. No RS, os dias mais secos colaboraram com a evolução da colheita, especialmente, no Planalto superior. A colheita alcançou 97% da área total do estado.

Apesar das chuvas no final do ciclo, a qualidade é considerada satisfatória. Na BA, a colheita avança no Extremo – Oeste e o rendimento observado é inferior ao esperado. No Centro-Sul, as lavouras apresentam baixa produtividade e qualidade. No PI, a colheita está quase concluída. No MA, a colheita está em progresso em todo estado.

Milho 2ª Safra foi 13,0% colhido

Em MT, a colheita avança e verificam-se bons rendimentos. No PR, o tempo seco favoreceu a colheita, mas afetou as lavouras em fase final de enchimento de grãos, principalmente no Norte, Noroeste e Oeste. Em MS, o clima quente e seco adiantou o ciclo e a colheita evolui, especialmente, no Nordeste.

Em GO, a colheita está adiantada no Sul e notam-se boas produtividades. Em SP, a colheita foi iniciada e as produtividades estão abaixo do estimado inicialmente. Em MG, as primeiras áreas semeadas estão sendo colhidas e bons rendimentos têm sido alcançados. No TO, a colheita avança em todo o estado e os rendimentos são variáveis. No MA, a maioria das áreas estão na fase final de enchimento de grãos e apresentam danos devido à falta de chuvas.

No PI, a maioria das áreas está em maturação. Observa-se a redução de rendimento devido à falta de chuvas. No PA, a colheita avança nas regiões da BR-163 e Redenção. No polo de Paragominas, as lavouras tardias são afetadas pela redução de precipitações. No polo de Santarém, as chuvas frequentes favorecem o desenvolvimento.

Confira o monitoramento Semanal das Condições das Lavouras completo, clicando aqui!

Fonte: CONAB



 

FONTE

Autor:Monitoramento Semanal das Condições das Lavouras

Site: CONAB

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares