InícioDestaqueProjeto SULCO divulga resultados da cultura do milho em sulco camalhão

Projeto SULCO divulga resultados da cultura do milho em sulco camalhão

A divulgação de resultados do uso do sistema de sulco camalhão com a cultura do milho  foi o ponto central no dia 3 de fevereiro, do Dia de Campo Milho Irrigado no Sistema Sulco Camalhão – Projeto SULCO, na Propriedade RT AGRO na Estrada do Ponche Verde de Dom Pedrito/RS. A atividade reuniu, das 7h às 11h, os representantes das empresas parceiras,  além de cerca de 340 participantes entre produtores rurais e demais setores da produção agrícola. Houve participantes de 34 municípios, o que demonstra o interesse que o assunto despertou.

Foram apresentadas as tecnologias de sulco camalhão para produção de milho irrigado em áreas suavizadas em rotação com o arroz e exposição de máquinas, equipamentos e sistema de irrigação utilizados na implantação da lavoura no sistema sulco camalhão. “Cada empresa apresentou as soluções utilizadas para que as culturas, tanto de milho como de soja, expressem seu potencial produtivo”, disse o pesquisador e responsável pelo projeto, José Maria Barbat Parfitt. Ele ainda comentou que o assunto despertou muito interesse pela representatividade do público, oriundo de 34 municípios gaúchos.

A Embrapa Clima Temperado tem a responsabilidade técnica do Projeto: a Trimble faz a suavização, a KLR atende a construção dos camalhões; a Pioneer, se preocupam com a genética da cultura do milho; a Massey Ferguson faz o trabalho com as semeadoras; a PipeBR,  realiza o projeto de irrigação e a Irriga Terras Baixas, executa a gestão da irrigação.

Em Dom Pedrito, uma lavoura de milho foi implantada . “A lavoura até o momento foi irrigada três vezes e apresenta muito boa expectativa de produção”, revela o pesquisador.  Segundo ele, o proprietário detalhou os custos do desembolso, onde mostrou que o resultado esperado pode vir a ser o dobro do custo estimado para a lavoura. O Projeto Sulco tem financiamento das empresas parceiras.

As demais áreas experimentais do Projeto em lavouras de milho são três: em Cachoeira do Sul, Dom Pedrito e em Jaguarão e há também três lavouras em soja nos municípios de Capão do Leão, Formigueiro e Santa Vitória do Palmar.

O Projeto Sulco estará com estande próprio na 32ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e Grãos de Terras Baixas. Dentro da programação técnica da Embrapa, o Projeto fará o painel do terceiro dia de evento Tecnologia Sulco-Camalhão, tendo como moderador o pesquisador e coordenador técnico da ETB, André Andres. O painel tratará sobre as perspectivas da tecnologia sulco-camalhão na produção de soja e milho em rotação com arroz irrigado. “Nesse estande será mais uma oportunidade de se mostrar e discutir com interessados a tecnologia Sulco-camalhão”, fala Parfitt.

Serão apresentadas a tecnologia e seus resultados pelo pesquisador José Maria Barbat Parfitt e pelo engenheiro agrônomo Amilcar Centeno, da Centeno Agrointeligência e, logo a seguir, acontecem os depoimentos dos participantes no Projeto: do Grupo Quero-Quero de Jaguarão, Ricardo Gonçalves; da RT Agro de Dom Pedrito, Gilberto Raguzzoni  e da Fazenda Palmeira de Cachoeira do Sul, Daniel Horbe.

Toda a programação técnica acontecerá ao vivo no estande institucional para o público presente no evento e também no formato de live, através do canal Terra Sul da Embrapa no Youtube.

Fonte: Embrapa

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares