Durante a semana, houve alternância entre dias secos e com precipitações que contribuíram    para    o    desenvolvimento    dos    cultivos    já    estabelecidos    e   para o encaminhamento dos plantios, que já chegam a 99%.

Após o retorno das precipitações nas regiões administrativas da Emater/RS-Ascar de Bagé, Santa Maria e Soledade, o uso da irrigação e as altas taxas de incidência de radiação solar promoveram significativas melhorias no desenvolvimento da cultura. Na de Bagé, os cultivos têm bom estande, com potencial produtivo bastante promissor, a partir do efetivo manejo das aplicações de nitrogênio em cobertura e do controle de ervas daninhas.

Na Fronteira Oeste, em Maçambará e Uruguaiana, as semeaduras se estabilizaram em 90% da área inicialmente prevista, em função de os reservatórios apresentarem volumes parciais. Será avaliado o prosseguimento, dependendo da disponibilidade de água. Na de Santa Maria, o plantio ultrapassou 90% do total previsto de 133 mil hectares. As lavouras se encontram nas fases de germinação e desenvolvimento vegetativo, com as plantas se mantendo com bom estande e bom estado fitossanitário.

Na região de Soledade, os volumes de chuva satisfatórios beneficiam lavouras de arroz na semeadura, na germinação/ emergência e no desenvolvimento vegetativo. O plantio já chega a 98% do total previsto de 28.862 hectares. Além disso, as precipitações restabelecem parte da carga hidráulica dos reservatórios e cursos de água, diminuindo a preocupação dos orizicultores com relação ao cenário de escassez de chuvas ao longo do ciclo da cultura. Os produtores manejam o controle de plantas invasoras em pós-emergência e realizam a adubação nitrogenada em cobertura antes da entrada de água nas lavouras com sistema de cultivo em solo seco.

Na de Pelotas, ainda restam algumas áreas por semear, em Pedras Altas e Turuçu (95%) e em São José do Norte (90%). Nos demais municípios produtores, o plantio já foi encerrado. A fase de desenvolvimento vegetativo em 100% do arroz semeado, dentro da normalidade, com bom estande e condições de sanidade normais.



Mercado (saca de 50 quilos)

No levantamento semanal realizado pela Emater/RS-Ascar no Estado, o preço médio do arroz chegou a R$ 99,49/sc., com redução de 1,26% em relação ao da semana anterior.

Na regional de Bagé, os preços variaram entre R$ 93,00 e R$ 105,00; na de Pelotas, entre R$ 101,00 e R$ 103,40; na de Soledade, foi de R$ 94,00. Em Santa Maria, o preço médio alcançou R$ 95,20/sc.

Fonte: Emater/RS

Texto originalmente publicado em:
Informativo Conjuntural n° 1636
Autor: Emater/RS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.