A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços em forte alta. O mercado manteve os bons ganhos após a divulgação do relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que cortou estoques norte-americanos e mundiais para 2020/21.

Os estoques finais do país em 2020/21 foram projetados em 862 milhões de bushels, contra 877 milhões em novembro e 1,028 bilhão de bushels em 2019/20. O mercado esperava 874 milhões de bushels.

Já os estoques finais globais em 2020/21 foram estimados em 316,5 milhões de toneladas, abaixo das 320,45 milhões de toneladas estimadas no mês passado. O mercado esperava 321,5 milhões de toneladas. Para 2019/20, as reservas finais são previstas em 300,62 milhões de toneladas, acima das 300,2 milhões esperadas pelo mercado.

No fechamento de hoje, os contratos com entrega em março de 2021 eram cotados a US$ 5,96 1/2 por bushel, ganho de 13,25 centavos de dólar, ou 2,27%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em maio de 2021 eram negociados a US$ 5,97 1/4, alta de 12,75 centavos de dólar, ou 2,18%, em relação ao fechamento anterior.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Dylan Della Pasqua - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.