InícioDestaqueSistema de produção: Milho safrinha consorciado com espécies forrageiras melhora o solo...

Sistema de produção: Milho safrinha consorciado com espécies forrageiras melhora o solo e aumenta a produtividade da soja em sucessão

Para assegurar a boa produtividade e sustentabilidade da lavoura de soja, é fundamental pensar no sistema de produção como um todo. Um dos principais fatores responsáveis por limitar a produtividade da soja é compactação do solo. Diversos estudos apontam a relação entre a compactação do solo e a produtividade do solo, estando ambos os fatores, diretamente relacionados.

Compactação do solo:

Conforme analisado por Girardello et al. (2014), a medida em que há o aumento da densidade do solo (resistência do solo à penetração), tem-se a redução da produtividade da soja, podendo chegar a reduções de quase 40% em casos de resistência muito alta à penetração (5,0 MPa).

Figura 1. Produtividade da cultura da soja em função da resistência da penetração, determinada após o manejo da cultura de cobertura e classificada de acordo com Arshad et al. (1996), em Latossolo Vermelho na safra de 2008/09, muito alta.

Fonte: Girardello et al. (2014)

A compactação do solo afeta principalmente o sistema radicular da soja, limitando o volume de raízes da planta, e o volume de solo explorado, e por consequência, limitando a disponibilidade de água a nutrientes para a planta. Segundo Cardoso et al. (2006), a redução do volume radicular da soja é intensificada a medida em que há o aumento da densidade do solo, demonstrando a forte influência da compactação do solo sob as raízes da soja.

Considerando os efeitos diretos da compactação sobre a produtividade da soja, é fundamental pensar em estratégias de manejo que permitam reduzir essa compactação no sistema plantio direto. Uma das principais estratégias é a rotação de culturas com espécies de diferentes arquiteturas do sistema radicular. Além das tradicionais culturas em inverno utilizadas com esse intuito, é possível posicionar culturas comerciais consorciadas com espécies forrageiras para otimizar o uso da terra e manejar a compactação do solo.

Analisando as  propriedades  físicas do  solo  e  a produtividade  da  soja  em  sucessão  ao  milho  safrinha  em  consórcio  com  diferentes  plantas  de  cobertura, Anschau et al. (2018) obtiveram resultados que demonstram importantes contribuições do sistema de consórcio para a sustentabilidade e produtividade da soja.



O estudo conduzido pelos autores avaliou a cultura da soja semeada após cultivo de milho consorciado com as espécies Urochloa brizantha, U. ruziziensis, Avena strigosa (aveia-preta) e a testemunha (milho solteiro). Conforme resultados observados por Anschau et al. (2018), a soja cultivada em sucessão aos consórcios obteve produtividade superior à testemunha, chegando a alcançar produtividade até 33%, na modalidade que continha Urochloa  ruziziensis em consórcio com o milho.

Tabela 1. Resultados médios para os componentes de produção da soja: altura de planta (cm), população de plantas, vagem por planta, peso de cem grãos e produtividade, sob as diferentes palhadas, safra 2014/2015.

Fonte: Anschau et al. (2018)

Conforme observado por Anschau et al. (2018), além de contribuir para o aumento da produtividade da soja, o consórcio do milho com espécies forrageiras contribui para a melhoria da estrutura do solo. Conforme observado pelos autores, o   cultivo   da   soja   sob   palhada   de Urochloa ruziziensis promoveu   aumento   na   macroporosidade   do solo, tanto na profundidade de 0,0 a 0,10 m como de 0,10 a 0,20m  em  comparação  a  soja  cultivada  em  sucessão  ao milho  solteiro.

Os resultados obtidos por Anschau et al. (2018) demonstram que o cultivo de espécies forrageiras em consórcio com o milho antecedendo a soja possibilitou não só o aumento da produtividade da cultura, como também da macroporosidade, porosidade dotal e a redução da densidade do solo, evidenciando que as plantas de cobertura foram eficientes em promover melhorias em atributos físicos do solo.

Tabela 2. Resultados  médios  para  as  propriedades  físicas  do  solo após  o  cultivo da  soja  sob  diferentes  palhadas,  safra 2014/2015, nas profundidades de 0 – 0, 0 – 10 e 0,10 – 0,20m.

Fonte: Anschau et al. (2018)
Conclusão:

Com base nos dados observados, conclui-se que a soja cultivada após o cultivo do milho safrinha, consorciado com espécies forrageiras, possibilita o incremento da produtividade da soja e a melhoria de atributos físicos do solo, quando comparada a soja cultivada em sucessão ao milho solteiro. Embora o consórcio de espécies forrageiras com o milho necessite de práticas de manejo específicas, essa modalidade de cultivo pode trazer significativas contribuições para a sustentabilidade e rentabilidade do sistema de produção de soja.

Figura 2. Resistência do solo a penetração após cultivo de soja semeada sob palhada de diferentes plantas.

Fonte: Anschau et al. (2018)

Confira o trabalho completo de Anschau e colaboradores (2018) clicando aqui!


Veja mais: Soja – quais os componentes de produtividade mais afetados pela compactação do solo?



Referências:

ANSCHAU, K. A. et al. PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOLO, CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS E PRODUTIVIDADE DA SOJA EM SUCESSÃO A PLANTAS DE COBERTURA. Sci. Agrar. Parana., Marechal Cândido Rondon, 2018. Disponível em: < https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/19702/13436 >, acesso em: 26/02/2024.

CARDOSO, E. G. et al. SISTEMA RADICULAR DA SOJA EM FUNÇÃO DA COMPACTAÇÃO DO SOLO NO SISTEMA DE PLANTIO DIRETO. Pesq. agropec. bras., Brasília, v.41, n.3, p.493-501, mar. 2006. Disponível em: < https://www.scielo.br/pdf/pab/v41n3/29122.pdf >, acesso em: 26/02/2024.

GIRARDELLO, V. C. et al. RESISTÊNCIA À PENETRAÇÃO, EFICIÊNCIA DE ESCARIFICADORES MECÂNICOS E PRODUTIVIDADE DA SOJA EM LATOSSOLO ARGILOSO MANEJADO SOB PLANTIO DIRETO DE LONGA DURAÇÃO. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 2014. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/rbcs/a/GL9npmLBjc5x5wY8zdVtCWS/?format=pdf&lang=pt >, acesso em: 26/02/2024.

Foto de capa: Agência de Notícias – Embrapa

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares