Durante seu ciclo de desenvolvimento, uma planta está sujeita a interferência de vários fatores ambientais, pragas e doenças que podem prejudicar seu crescimento e desenvolvimento, podendo comprometer a produtividade da cultura. Dentre as pragas causadoras de potencias danos na cultura da soja, o nematoide-das-lesões se destaca pela agressividade com que ataca as plantas, prejudicando seu desenvolvimento e crescimento.

O nematoide-das-lesões Pratylenchus brachyurus é um endoparasita migrador que causa danos severos em raízes das culturas que são afetadas, em consequência da alimentação, movimentação e liberação de enzimas e toxinas no córtex das raízes das plantas (AGRO BAYER BRASIL), caracterizando-se como uma praga de solo.

Figura 1. Nematoide-das-lesões.

Raiz de soja com lesões provocadas pela ação do nematoide Pratylenchus brachyurus (necrosamento) (esquerda) e presença dos nematoides no interior das raízes (direita).

Segundo GOULART (2008), além da redução significativa do crescimento da planta, o nematoide-das-lesões pode causar redução de produtividade de até 30% para a cultura da soja, além de interferir negativamente na qualidade do estante de plantas.

De maneira geral, por se tratar de pragas de solo, o controle dos nematoides é dificultoso, uma vez que é difícil atingir o alvo para o controle. Entretanto, algumas práticas de manejo como o cultivo de plantas que apresentam como características a diminuição da população e o controle de nematoides vem se mostrando uma interessante alternativa em áreas infectadas, e uma dessas plantas é a Crotalária.



Visando avaliar a influência do cultivo da Crotalária no controle do nematoide-das-lesões, CRUZ; ASMUS; GARCIA, (2020) realizaram o estudo intitulado “Espécies de Crotalaria em sucessão à soja para o manejo de Pratylenchus brachyurus”. Segundo CRUZ; ASMUS; GARCIA, (2020), o objetivo do trabalho foi definir a melhor forma de inserção da Crotalária em sucessão com a soja para a redução da densidade populacional do Pratylenchus brachyurus.

Confira o trabalho completo clicando aqui.

Os autores avaliaram diferentes cultivos, em consórcio e isolados de Milho, Braquiária, e Crotalária das espécies C. spectabilis e C. ochroleuca. (Os tratamentos utilizados estão apresentados na tabela 1). As avaliações realizadas pelos autores objetivaram quantificar o número de nematoides por grama de raízes das culturas utilizadas para compor os tratamentos no outono/inverno e soja semeada em sequência. Além disso, foi avaliado o Fator de Reprodução (FR) dos nematoides, onde FR compreende o período do momento de colheita da soja / 75 dias após o plantio das culturas de outono/inverno.

Tabela 1. Número de nematoides Pratylenchus brachyurus por grama de planta das culturas de outono/inverno, soja semeada em sequência; e fator de reprodução (FR) dos nematoides.

P1: 23/05/2018, 80 dias após o plantio das culturas de outono / inverno.
P2: 09/09/2019, 97 dias após o surgimento da soja.
P3: 18/02/2019, no momento da colheita da soja.
Adaptado: CRUZ; ASMUS; GARCIA, (2020).

Segundo CRUZ; ASMUS; GARCIA, (2020), o cultivo da Crotalaria spectabilis e C. ochroleuca em sucessão à soja como entressafra ou segunda safra contribuem para reduzir a densidade populacional do nematoide das lesões radiculares (Pratylenchus brachyurus) assim como demonstrado na tabela 1, sendo o cultivo solteiro da Crotalária mais eficiente para o controle da praga.

Além do controle eficiente dos nematoides em decorrência do cultivo da Crotalária, os autores observaram boas produtividades da soja cultivada após a Crotalária (tabela 2), demonstrando a contribuição da espécie no incremento da produtividade de soja. Embora boas produtividades de soja tenham sido observadas com o consorcio da Braquiária e a Crotalária, estas opções de consorcio não demonstraram eficiência no controle dos nematoides-das-lesões.

Tabela 2. Produtividade da soja semeada após diferentes culturas (tratamentos) do outono / inverno.

Adaptado: CRUZ; ASMUS; GARCIA, (2020).

Com base nos aspectos observados e no trabalho conduzido por CRUZ; ASMUS; GARCIA, (2020), pode-se destacar que a Crotalária é uma planta eficiente no controle de nematoides, que pode ser inserida na rotação de culturas a traz benefícios satisfatórios ao sistema produtivo, confira o trabalho completo clicando aqui.

Veja também: Uso de Crotalária como alternativa no controle de nematoides.



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no Youtube

Referências:

AGRO BAYER BRASIL. NEMATOIDE-DAS-LESÕES. Agro Bayer Brasil, disponível em: <https://www.agro.bayer.com.br/alvos/nematoide-das-lesoes-pratylenchus-brachyurus>, acesso em: 01/07/2020.

CRUZ, T. T; ASMUS, G. L; GARCIA, R. A. Espécies de Crotalaria em sucessão à soja para o manejo de Pratylenchus brachyurus. Cienc. Rural vol.50 no.7 Santa Maria, jun. 2020.

GOULART, A. M. C. ASPECTOS GERAIS SOBRE NEMATÓIDES-DAS-LESÕES RADICULARES (GÊNERO Pratylenchus). Embrapa, Documentos, n. 219, 2008.

Foto de capa: TMG – Lavoura afetada com nematoide do cista na soja

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.