FECHAMENTOS DO DIA 03/06

O contrato de soja para julho24, referência para a safra brasileira, fechou em baixa de -1,70 %, ou $ -20,50 cents/bushel a $ 1184,50; A cotação de setembro24, fechou em baixa de -1,74 % ou $ -21,00 cents/bushel a $ 1182,50. O contrato de farelo de soja para julho fechou em baixa de -1,43 % ou $ -5,2 ton curta a $ 359,5 e o contrato de óleo de soja para julho fechou em baixa de -3,03 % ou $ -1,38/libra-peso a $ 44,14.

ANÁLISE DA BAIXA

A soja negociada em Chicago fechou em baixa nesta segunda-feira. Assim como o milho, a soja sofre a pressão sazonal da colheita na América do Sul e com o bom começo de safra nos EUA. O Brasil já praticamente finalizou a colheita da soja, enquanto a Argentina avança com a melhora do clima no país. Nos EUA, o clima favoreceu o começo da safra e o mercado trabalhou o dia com a expectativa do USDA apontar progresso no plantio de até 80% da área pretendida, o relatório do Departamento é divulgado depois do fechamento do dia.

O óleo de soja caiu -3,03% acompanhando a queda do Petróleo no mercado internacional e também pressionou a cotação da oleaginosa.

NOTÍCIAS IMPORTANTES
DERAL REDUZ EM 3,83% CUSTO TOTAL DE PRODUÇÃO DE SOJA E LUCRO AUMENTA

A atualização trimestral do Deral-PR sobre os Custos de produção de soja registrou queda de 3,83% nos custos totais da oleaginosa, passando para R$ 103,11/saca, contra R$ 107,22/saca de fevereiro último.

Houve recuo em praticamente todos os itens analisados, com exceção da mão-de-obra, do custo de transporte externo e remuneração do capital próprio, que subiram. Com isto, comparando-se o novo custo total de produção com o preço médio pago aos sojicultores no estado (R$ 120,00/saca), o lucro da soja aumentou para 16,38% até o momento.

EUA-VOLUME DE EXPORTAÇÕES DE SOJA AUMENTA 57% NA SEMANA (ALTISTA)

O volume de soja inspecionado para exportação em portos norte-americanos aumentou 57% na semana, para 348.644 toneladas, na semana, contra 221.997 tons da semana anterior e 222.305 toneladas em 01/06/23.

CONAB-COLHEITA DE SOJA 2023/24 ATINGE 98,8%

A colheita da safra brasileira de soja 2023/24 atingia 98,8% da área plantada no País até o último domingo (2), informou a Conab, em levantamento semanal de progresso de safra. Há atraso de 0,7 ponto porcentual em relação a igual período do ano passado e avanço de 0,7 ponto porcentual em uma semana.

Apenas três Estados seguem retirando a oleaginosa do campo: Santa Catarina, com 99% dos trabalhos concluídos; Rio Grande do Sul, com 94%, e Maranhão, com 93%. Tocantins, Piauí, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná já encerraram a colheita. No Rio Grande do Sul, afetado por fortes chuvas e enchentes desde
o fim de abril, os trabalhos avançaram 4 pontos porcentuais de uma semana para outra. Em relação a igual período do ano passado, porém, há atraso de 4 pontos porcentuais.

CROP PROGRESS-PLANTIO DA SOJA EUA

O plantio de soja estava 78% concluído, em comparação a 89% um ano antes e 73% na média dos cinco anos anteriores, disse o USDA. Segundo a agência, 55% da safra tinha emergido, ante 69% na data correspondente do ano passado e 52% na média de cinco anos.

Fonte: T&F Agroeconômica



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.