O destaque no início desta terça no mercado de soja é a boa valorização dos contratos futuros em Chicago, com as primeiras posições acima de US$ 14 por bushel. O dólar opera em leve baixa, após a boa valorização de ontem. Os prêmios também reagiram. Perspectiva é de manutenção de preços firmes no Brasil, principalmente para  a safra nova.

O ritmo dos negócios deve permanecer moderado. Os produtores centram suas atenções nas lavouras, aproveitando qualquer brecha para evoluir nos trabalhos de colheita, que seguem bem atrasados.

O mercado abriu a semana com preços regionalizados, mas com destaque para a firmeza nas cotações da safra nova. A alta do dólar e de Chicago assegurou a firmeza em algumas regiões.

As negociações foram moderadas, mas melhoraram, envolvendo cerca de 50 mil toneladas. O produtor segue atento à evolução da colheita. Ainda há excesso de umidade e atraso, mas houve avanços localizados, principalmente em Minas Gerais.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 163,00 para R$ 164,00. Na região das Missões, a cotação aumentou de R$ 162,00 para R$ 163,00. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 164,00 para R$ 165,00.

Em Cascavel, no Paraná, o preço baixou de R$ 157,00 para R$ 156,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca seguiu em R$ 164,00.

Em Rondonópolis (MT), a saca subiu de R$ 153,00 para R$ 157,50. Em Dourados (MS), a cotação passou de R$ 153,00 para R$ 150,00. Em Rio Verde (GO), a saca subiu de R$ 151,00 para R$ 152,00.

Chicago 

Os contratos com vencimento em maio operam com alta de 1,26%, cotados a US$ 14,05 1/4 por bushel.

A oleaginosa sobe pela terceira sessão seguida, sustentada pela previsão de estoques apertados nos Estados Unidos.

O ritmo lento da colheita no Brasil completa o cenário favorável aos preços.

Prêmios 

O prêmio em Paranaguá para março ficou em 0 a 20 pontos acima de Chicago. Para abril/maio, o prêmio é de 12 a 20 pontos acima.

Câmbio 

O dólar comercial registra desvalorização de 0,12% a R$ 5,445.

Indicadores financeiros 

  • As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,17%. Tóquio, feriado.
  • As principais bolsas na Europa operam em baixa. Paris, -0,21%; e Londres, -0,33%.
  • O petróleo opera em alta. Abril do WTI em NY: US$ 62,16 o barril (+0,72%).
  • O Dollar Index registra alta de 0,13%, a 90,12 pontos.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Dylan Della Pasqua - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.