InícioDestaqueAmaranthus hybridus ou palmeri? Aprenda a separar as espécies.

Amaranthus hybridus ou palmeri? Aprenda a separar as espécies.

As espécies de caruru, plantas pertencentes ao gênero Amaranthus, são conhecidas pela elevada habilidade competitiva, rápido crescimento e desenvolvimento, diversos fluxos de emergência e resistência a determinados herbicidas, em alguns casos. Dentre as espécies mais preocupantes, destacam-se o Amaranthus palmeri e o Amaranthus hybridus.

Embora apresentem algumas diferenças visuais, nem sempre a identificação dessas espécies é uma tarefa simples a nível de campo, especialmente nos estádios iniciais do desenvolvimento da planta que antecedem o florescimento do caruru. Visualmente, alguns fatores podem contribuir para a correta identificação das espécies de caruru.

A nível de campo, deve-se dar atenção para características como pilosidade das folhas, comprimento do pecíolo da folha, marcas em folhas, padrão de crescimento e florescimento. Segundo Penckowski et al. (2020), no Amaranthus hybridus, em algumas plantas é possível observar a presença da marca d’água em forma de “V” invertido (Figura 1), porém essa também é uma característica presente nas plantas de Amaranthus palmeri.

Figura 1. Marca d’água em forma de “V” invertido presente em plantas de Amaranthus hybridus.

Foto: Fundação ABC, adaptado de Penckowski et al. (2020)

A presença de pelo na ponta das folhas (Figura 02) e o crescimento das folhas em “roseta” (Figura 03) também são características que podem ocorrer tanto nas plantas de Amaranthus hybridus como de Amaranthus palmeri (Penckowski et al., 2020).



Figura 2. Plantas de Amaranthus palmeri podem apresentar um pequeno pelo na ponta das folhas.

Foto: Daniel Tuesca

Cabe destacar que as plantas de Amaranthus palmeri não apresentam pilosidade sobre as folhas. Além disso, o padrão de crescimento das plantas assemelha-se à aparência de roseta quando olhado de cima para baixo. O formato e o arranjo das folhas, além do comprimento dos pecíolos, auxiliam na captação de luz, sendo possível observar esse padrão especialmente em plantas jovens (Gazziero & Silva, 2017).

Figura 3. Folhas apresentam distribuição simétrica em torno do caule, na fase inicial de desenvolvimento, quando vista por cima.

Foto: Alexandre Ferreira da Silva

Sobretudo, uma das características mais marcantes do Amaranthus palmeri que contribui para a identificação da espécie é o comprimento do pecíolo da folha. De maneira geral, o comprimento dos pecíolos, especialmente de folhas mais velhas, do Amaranthus palmeri tende a ser maior ou igual ao comprimento da lâmina foliar (Gazziero & Silva, 2017).

Figura 4. Folha de Amaranthus palmeri (pecíolo maior que a folha).

Foto: MapaBrasil

Entretanto, algumas dessas características podem ser comuns a determinadas espécies de caruru, sendo necessário analisar com maior perícia as plantas, havendo maior exatidão da diferenciação das espécies apenas durante o período reprodutivo da planta (florescimento).

O Amaranthus palmeri é considerado uma planta dióica, com a presença de flores masculinas e flores femininas em plantas distintas, enquanto Amaranthus hybridus é uma planta monóica com a presença de flores masculina e feminina ocorrendo na mesma inflorescência. Essa é a principal característica utilizada para distinguir as espécies (Penckowski et al., 2020).

Figura 5. Flor masculina e feminina presentes na mesma inflorescência, característica que pode ser utilizada para diferenciar a espécie Amaranthus hybridus.

Fonte: Fundação ABC, apud. Penckowski et al. (2020)

Figura 6. Diferenciação das inflorescências masculinas e femininas de Amaranthus palmeri.

Fotos: Daniel Tuesca

Visando facilitar a diferenciação das espécies de caruru, pode-se recorrer a tabela apresentada por Gazziero & Silva (2017), que descreve as principais características das espécies. Sobretudo, independentemente da espécie de caruru, seu controle é essencial para reduzir perdas produtivas em função da matocompetição.

Tabela 1. Características morfológicas entre espécies do gênero Amaranthus que podem auxiliar na identificação do Amaranthus palmeri.

Fonte: Gazziero & Silva (2017)

Veja mais: Por que o caruru é uma planta daninha tão preocupante?



Referências:

GAZZIERO, D. L. P.; SILVA, A. F. CARACTERIZAÇÃO E MANEJO DE Amaranthus palmeri. Embrapa, Documentos, n. 384, 2017. Disponível em: < https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/159778/1/Doc-384-OL.pdf >, acesso em: 10/11/2022.

PENCKOWSK, L. H. et al. ALERTA! CRESCE O NÚMERO DE LAVOURAS COM Amaranthus hybridus RESISTENTE AO HERBICIDA GLIFOSATO NO SUL DO BRASIL: O PRIMEIRO PASSO É SABER IDENTIFI CAR ESSA ESPÉCIE! Revista FABC, 2020. Disponível em: < https://www.upherb.com.br/ebook/REVISTA-Fabc.pdf >, acesso em: 10/11/2022.

SAVIETTO, C. et al. IDENTIFICAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE Amaranthus palmeri. MpaBrasil. Disponível em: < http://www.cana.com.br/biblioteca/informativo/Amaranthus%20Palmeri.pdf >, acesso em: 10/11/2022.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares