No RS o preço da soja sobe no porto e se mantém inalterado no interior

Nesta terça-feira, o preço oferecido pelas indústrias no porto gaúcho de Rio Grande subiu 2 reais/saca para R$ 139,50/saca, para esmagamento local. Para exportação há apenas um navio a ser ainda embarcado para esta temporada e nada mais; foi anteriormente para embarque agora. Nâo há mais demanda para exportação.

No interior os preços da soja continuaram a R$ 139,50 em Canoas, mantiveram-se em R$ 139,00 no entroncamento ferroviário de Cruz Alta e em Ijuí e se mantiveram inalterados em Passo Fundo a R$ 140,00, final de setembro. Para maio de 2021 os preços recuaram um real/saca para R$ 122,00/saca, no porto.

No Paraná, preços recuam um real/saca no mercado de lotes

Com a leve melhora do dólar os preços oferecidos pelas indústrias subiram 3 reais no balcão e 2 reais nos lotes, nesta terça-feira. Mas, no mercado de balcão o preço oferecido ao agricultor na região de Ponta Grossa manteve a boa alta do dia anterior a R$ 118,00. Na tabela nº 1 acima pode-se ver os preços para os produtores em outras praças.

No mercado de lotes, para entrega em setembro o preço recuou um real para R$ 136,00/saca, em Ponta Grossa, pagamento final de outubro. No interior dos Campos Gerais o preço também recuou um real/saca para R$ 136,00, retirada outubro, pagamento em outubro.

Em Paranaguá a cotação do mercado disponível recuou um real/saca para R$ 136,00, entrega setembro pagamento final de outubro. Para safra nova no porto entrega Abril com pagamento 30/04/21 R$ 121,00; entrega Maio com pagamento 30/05/21 R$ 121,60; entrega Junho com pagamento 30/06/21 R$ 122,20; entrega Julho com pagamento 30/07/21 R$ 123,40.

Na Ferrovia, em Maringá, para a safra 2021, entrega até 25/01, pagamento 15/02 – ideia R$115,00; entrega ate 15/04, pagamento 30/04 – ideia R$ 113,50; entrega ate 15/05, pagamento 31/05 – ideia R$114,00; entrega ate 15/06, pagamento 30/06 – ideia R$115,00; entrega ate 15/07, pagamento 30/07 – ideia R$115,50.

Para a safra 2021, o preço recuou um real/saca para R$ 118,00/saca, em Ponta Grossa, entrega e pagamento abril/abril.

No Mato Grosso do Sul, plantou zero de soja até o momento, mas já vendeu 48,30% da safra 2021

Os preços recuaram um real/saca para R$ 130,00 em Caarapó, um real/saca também para R$ R$ 135,00 em Campo Grande, subiu um real/saca para R$ 137,00 em Dourados e permaneceu a R$ 132,00 em São Gabriel do Oeste.

No Mato Grosso o esmagamento foi 16% maior por aumento na demanda interna de óleo e farelo O relatório do IMEA registra que o volume de soja esmagada no estado de Mato Grosso em agosto atingiu 827,4 mil toneladas, um aumento de mais de 16% em relação ao ano anterior, à medida que a crescente demanda interna impulsionou um aumento nos preços do farelo de soja e do óleo.

Mas a queda na oferta de soja após uma temporada recorde de exportação, juntamente com algumas indústrias optando por realizar o trabalho de manutenção, o que significa que o total mensal caiu perto de 7% no mês.

No Cerrado o mercado subiu 3 reais em Rio Verde-GO

Em Goiás, da safra 2019/20 os preços subiram mais um real/saca para R$ R$ 126,00 em Anápolis, continuaram a R$ 133,00 em Formosa e subiu 3 reais/saca para R$ 143,00 em Rio Verde.

Em Minas Gerais os preços continuaram a R$ 130,00/saca em Iraí de Minas, recuaram 2 reais/saca para R$ 127,00 em Patrocínio, também recuaram 2 reais/saca para R$ 128,00 em Uberlândia e subiram um real/saca para R$ 134,00 em Unaí.

Na Bahia o mercado manteve a alta do dia anterior e 123,00. Para safra 2021 o preço subiu mais R$ 1,00/saca para R$ 10.9,00



Fonte: T&F Agroeconômica

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.