Em vídeo divulgado no canal do Youtube Professores Alfredo & Leandro Albrecht, o professor Alfredo mostra uma área com alta infestação de capim-amargoso próximo a Cascavel, no Oeste do Estado do Paraná, que hoje é um problema que só vem aumentando no Brasil. No vídeo é destacada a importância do Manejo Integrado dessa Planta Daninha.


Capim amargoso resistente


O pesquisador destaca que o capim-amargoso pode produzir em um ciclo de um ano até 75 mil sementes, forma touceira e possui rizoma para reserva energética, sendo uma planta extremamente complexa e de difícil controle. Resistente ao glifosato e recentemente a herbicidas inibidores da ACCase, como fenoxaprop e haloxyfop, se continuarmos com o uso intenso de graminicidas, muito em breve pode apresentar resistência a esses herbicidas também.

Em uma área como a que aparece no vídeo, com alta infestação de capim-amargo, o professor cita que seriam necessárias três intervenções, que poderiam ser uma roçada inicial seguida de duas aplicações ou então três aplicações de herbicidas, sendo recomendado o uso de glifosato intercalado com outro produtos.

Porém, jamais deve-se se realizar as três aplicações no mesmo posicionamento, devendo intercalar em uma primeira aplicação, por exemplo, o glifosato associado a um graminicida, posteriormente, na rebrota, trocar o graminicida por um produto de contato e em havendo necessidade de uma terceira aplicação, nunca usar o mesmo graminicida que foi utilizado no início juntamente com o glifosato, para que seja evitada a pressão de seleção e o desencadeamento de resistência do capim-amargoso ao graminicida.

Vale ressaltar que como a planta possui capacidade de rebrota (rebrota a partir do rizoma também), uma aplicação única de herbicidas, mesmo em altas doses, não é suficiente para um controle eficaz de capim-amargoso perenizado, por isso tem-se a necessidade de se fazer aplicações sequenciais de graminicidas em associações e intercalados com outros produtos, buscando-se evitar o uso do graminicida.

Confira o vídeo abaixo:


Inscreva-se agora no canal dos Professores Alfredo & Leandro Albrechtaqui.


Elaboração: Andréia Procedi – Equipe Mais Soja.

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.