InícioDestaqueComo se distribui a mosca-branca na soja?

Como se distribui a mosca-branca na soja?

Dentre as principais pragas que acometem a cultura da soja, algumas em específico se destacam pelos danos indiretos, embora possam causar danos diretos. Uma dessas pragas é a mosca-branca (Bemisia tabaci). A mosca-branca, Bemisia tabaci, apesar do nome comum de mosca, é um inseto sugador comum em diversas culturas. Em plantas de soja, a mosca-branca é transmissora do vírus da “necrose-da-haste”, do grupo dos carlavírus, que com a evolução dos sintomas, pode levar a planta à morte (Bueno; Campo; Gomez, 2021).

Figura 1. Planta de soja infectada pelo vírus da necrose-da-haste.

Fonte: Bueno, A. F.

A praga apresenta ampla distribuição global, sendo motivo de preocupação de diversos agricultores por sua elevada capacidade de multiplicação e de causar danos, reduzindo significativamente a produtividade da soja.

Figura 2. Distribuição global de mosca-branca (Bemisia tabaci).

Fonte: EPPO Global Database (2023)

A fase ninfal é mais difícil de se controlar a mosca-branca, sendo necessário conhecer a distribuição vertical da praga na planta, bem como os inseticidas com melhor eficiência de controle. Conforme observado por Pozebon et al. (2019), a maior concentração de ninfas da mosca-branca é observada nos terços médio e inferior da planta de soja (figura 3).



Com a emissão de novas folhas pela planta, as folhas que anteriormente estavam no terço superior (local de oviposição pelas fêmeas, devido ao seu hábito alimentar) começam a compor o terço médio das plantas, especialmente em cultivares de hábito indeterminado. Portanto, verifica-se que a maior proporção das ninfas está localizada nos terços médio e inferior (Pozebon et al., 2019).

Figura 3. Média de ninfas de Bemisia tabaci em 32 cm² dos folíolos, nos terços superior, médio e inferior de plantas de soja cultivadas em condições de campo.

Médias seguidas pela mesma letra não diferem entre si pelo teste de Scott-knott (P=0,05) Fonte: Pozebon et al. (2019)

Com relação aos inseticidas disponíveis para o controle de praga, pode-se dizer que entre as melhores opções atualmente no mercado para o controle da mosca-branca, estão os produtos do grupo dos reguladores de crescimento específicos para mosca-branca, contudo, infelizmente, esses são produtos de alto custo, sendo que, uma única aplicação desses produtos pode custar entre uma e duas sacas de soja por hectare (Bueno; Campo; Gomez, 2021), o que muitas vezes leva a um manejo tardio da praga.


Veja mais: Podridão dos grãos e quebramento das hastes da soja



Referências:

BUENO, A. F.; CAMPO, C. B. H.; GOMEZ, D. R. S. MOSCA-BRANCA. Embrapa: Soja, 2021. Disponível em: < https://www.embrapa.br/en/agencia-de-informacao-tecnologica/cultivos/soja/producao/manejo-integrado-de-pragas/pragas/pragas-que-atacam-folhas/mosca-branca#:~:text=A%20mosca%2Dbranca%2C%20Bemisia%20tabaci,%C3%A0%20morte%20(Figura%201). >, acesso em: 01/06/2023.

EPPO GLOBAL DATABASE. Bamisia tabaci (BEMITA): Distribution. EPPO Global Database, 2023. Disponível em: < https://gd.eppo.int/taxon/BEMITA/distribution >, acesso em: 01/06/2023.

POZENON, H.  DISTRIBUTION OF Bemisia tabaci WITHIN SOYBEAN PLANTS AND ON INDIVIDUAL LEAFLETS. The Netherlands Entomological SocietyEntomologia Experimentalis et Applicata, 2019. Disponível em: < https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/eea.12798 >, acesso em: 01/06/2023.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares