O Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (SEAB), estimou, em seu relatório mensal, que a 2a safra 2020/21 de milho no Paraná está estimada em 6,110 milhões de toneladas, volume 50% menor ante as 12,171 milhões de toneladas da temporada anterior.

Conforme o Deral, as perdas se acentuaram nas lavouras em razão da estiagem e, especialmente, devido às das geadas registradas no estado ao longo do mês de julho. Em junho a safra havia sido estimada em 9,821 milhões de toneladas.

A área é estimada em 2,505 milhões de hectares, que deve subir 6% frente à temporada anterior, de 2,356 milhões de hectares. A produtividade média deve alcançar 2.827 quilos por hectare em 2020/21, abaixo da registrada na temporada anterior, de 5.165 quilos por hectare.

Fonte: Agência SAFRAS

Sipcam

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Arno Baasch - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.