InícioDestaqueEstilosantes: Uma interessante forrageira para compor a rotação de culturas

Estilosantes: Uma interessante forrageira para compor a rotação de culturas

A diversificação de culturas é essencial para um sistema produtivo rentável e sustentável. As diferentes características das espécies vegetais contribuem para a otimização dos recursos ambientais, bem como promoção do crescimento da fauna edáfica do solo, além de algumas espécies atuarem na ciclagem de nutrientes, e preservação do solo.

Embora pouco difundida, uma interessante cultura de cobertura para integrar o sistema de rotação de culturas é o Estilosantes. O estilosantes é uma leguminosa pertencente ao gênero Stylosanthes, gênero esse que, possuem cerca de 44 espécies, sendo que cerca de 25 delas ocorrem no Brasil, principalmente no cerrado (Embrapa Gado de Corte).

A planta é tradicionalmente empregada como forrageira, servindo como alimento ao gado, cultivada de forma solteira e/ou consorciada. Entretanto, por se tratar de uma leguminosa (Fabaceae), o estilosantes possuía a habilidade em fixar nitrogênio atmosférico, como soja, feijão e outras leguminosas, fato que o torna interessante para anteceder culturas exigentes em Nitrogênio.

Quando consorciado com gramíneas, na proporção de 20% a 40% da leguminosa, em solos arenosos de baixa fertilidade, o estilosantes fixa, em média, 60 a 80 kg de N/ha/ano. Além disso, o estilosantes é uma interessante alternativa forrageira, apresentando teores de proteína bruta de 13% a 18% na planta inteira e 22% nas folhas (Embrapa, 2007).


undefined

Figura 1. Stylosanthes macrocephala cv. Pioneiro. Fase vegetativa.
Foto: RAMOS, Allan Kardec Braga

O estilosantes é adaptado a uma grande variedade de solos, podendo ser cultivado tanto em solos arenosos quanto em solos argilosos (Souza et al., 2021), incluindo solos inférteis e/ou degradados. Além disso, a planta apresenta alta capacidade de ressemeadura natural (Embrapa).

As plantas do gênero Stylosanthes  são caracterizadas como subarbusto perene que possui muito galhos, com folhas no formato estipulado-obovado. O porte, assim como teor de proteína pode variar de acordo com a espécies. Além disso, o estilosantes é considerado resistente a seca, e doenças como antracnose, apresentando boa adaptabilidade a regiões arenosas e de baixa fertilidade do solo (Embrapa Gado de Corte).

Sobretudo, vale destacar que o estilosantes tem um estabelecimento lento, o que pode favorecer a incidência inicial de plantas daninhas, requerendo maior cautela no controle dessas invasoras. Conforme observado por Lima (2012), o estilosantes pode levar mais de 90 dias para promover boa cobertura do solo, o que torna necessário atentar para o planejamento na implantação da cultura.

No entanto, cabe destacar que o estilosantes é uma interessante opção para inserção no sistema de produção agrícola, principalmente em solos de baixa fertilidade e muito arenosos, na região do cerrado, onde as condições climáticas e ambientais são mais favoráveis ao desenvolvimento da espécie.


Veja mais: Capim-amargoso – Importância e dicas de manejo em soja



Referências:

EMBRAPA GADO DE CORTE. ESTILOSANTES – Stylosanthes spp. Fauna e Flora do Cerrado, Embrapa Gado de Leite. Disponível em: < https://cloud.cnpgc.embrapa.br/faunaeflora/plantas-forrageiras/estilosantes-stylosanthes-spp/ >, acesso em: 20/05/2024.

EMBRAPA. CULTIVO E USO DO ESTILOSANTES-CAMPO-GRANDE. Comunicado Técnico, n. 105, 2007. Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/319150/1/Cot105.pdf >, acesso em: 20/05/2024.

EMBRAPA. Stylosanthes macrocephala cv. Pioneiro. Multimídia: Banco de Imagens. Disponível em: < https://www.embrapa.br/en/busca-de-imagens/-/midia/2947004/stylosanthes-macrocephala-cv-pioneiro >, acesso em: 20/05/2024.

LIMA, G. P. DENSIDADE DE SEMEADURA E CONSÓRCIO DE BRAQUIÁRIA E ESTILOSANTES VISANDO À FORMAÇÃO DE COBERTURA VEGETAL PARA A CULTURA DA SOJA. Tese de Doutorado, Universidade Estadual do oeste do Paraná, 2012. Disponível em: < https://tede.unioeste.br/bitstream/tede/2885/1/Gislaine.pdf >, acesso em: 20/05/2024.

SOUZA, G. B. P. et al. PRODUTIVIDADE DA Stylosanthes CAMPO GRANDE EM DIFERENTES TIPOS DE SOLOS. Revista Cultivando o Saber, 2021. Disponível em: < https://cultivandosaber.fag.edu.br/index.php/cultivando/article/view/1055 >, acesso em: 20/05/2024.

Foto de capa: RAMOS, Allan Kardec Braga

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares