A Comissão de Comércio Internacional dos EUA recebeu uma carta coletiva de 83 congressistas pedindo a suspensão das tarifas de importação de fertilizantes minerais enviados de Marrocos, Trinidad e Tobago. Assim, pretendem evitar um maior crescimento no custo dos fertilizantes minerais aumentando sua oferta no mercado norte-americano.

Até o momento, apenas 35% dos fertilizantes minerais importados para os Estados Unidos estão isentos de impostos alfandegários. Eles e a crise geopolítica global limitaram sua oferta no mercado norte-americano, levando a um aumento de 93% no preço dos agroquímicos. Os custos dos agricultores aumentaram 15% e espera-se que esta tendência se mantenha no futuro. Como resultado, os preços dos alimentos nos EUA continuam subindo.

Os direitos de importação foram introduzidos no ano passado e visavam apoiar a empresa americana Mosaic e limitar as atividades de seu principal concorrente, o produtor marroquino de fertilizantes fosfatados OCP Group.

A história do conflito entre a Mosaic e o Grupo OCP começou em fevereiro de 2021, depois que a Mosaic reclamou que o Grupo OCP estava fazendo dumping no mercado americano. Mas em uma declaração recente, a ONU levantou preocupações sobre o aumento vertiginoso dos preços dos fertilizantes minerais e seu impacto na segurança alimentar global. Por isso, os parlamentares consideram necessário conseguir a abolição dos impostos sobre a importação de fertilizantes minerais.

Fonte: Portal Fertilizerdaily disponível no Portal Globalfert

Texto originalmente publicado em:
Portal Fertilizerdaily disponível no Portal Globalfert
Autor: Portal Fertilizerdaily disponível no Portal Globalfert

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.