Os pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) Alfredo Luiz e Aline Maia participaram da 64ª Reunião Anual da Região Brasileira da Sociedade Internacional de Biometria (RBras) e 18º Simpósio de Estatística Aplicada à Experimentação Agronômica (SEAGRO), realizados de 29 de julho a 2 de agosto pelo Departamento de Estatística, da Universidade Federal Mato Grosso (Dest/UFMT), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, MT.

Alfredo integrou a Comissão Científica dos Eventos, cujo tema “Estatística e Biotecnologia” discutiu o papel dos métodos estatísticos aplicados no desenvolvimento da biotecnologia, área que é fundamental em diversos ramos de atividade, como o do setor agrícola e florestal; da indústria alimentícia; do meio ambiente; das indústrias química e farmacêutica; dos laboratórios de análises; entre muitos outros.

“Eventos dessa natureza são uma ótima oportunidade para reunir estudantes, professores, pesquisadores e profissionais que aplicam cotidianamente a Estatística e a Biometria nas áreas em que atuam”, acredita o pesquisador.

“É uma ocasião propícia à discussão das formas de se ampliar o acesso ao conhecimento estatístico ao promover intercâmbios multidisciplinares e debates sobre o processo de ensino-aprendizagem do tema nos diversos níveis estatísticos e de análises e dados. Nesse sentido, foi apresentado o trabalho “Estatísticas descritivas e técnicas de visualização na análise de textos”, de autoria de Alfredo e Carolina Luiz, na sessão de Comunicações Orais, dedicada ao Ensino de Estatística.

Segundo Alfredo, com a realização destes eventos pretende-se contribuir para uma melhoria do nível de capacitação dos profissionais da área e fomentar a formação de pessoal para atuação em Estatística Aplicada, nos mais diversos setores da pesquisa científica e outros setores do mercado de trabalho brasileiro.

Além disso, contribuem para despertar o interesse de estudantes e jovens pesquisadores para este importante tema. Com esse objetivo em mente, Alfredo apresentou a palestra “Estatística e Sensoriamento Remoto” na Sessão Temática “Estatística espacial e modelagem de imagens”.



Neste ano, o tema da Sessão Temática coordenada por Alfredo, representando a Embrapa foi “Integração entre Estatística, Clima e Agricultura”, que contou com as palestras: “Gases de Efeito Estufa (GEE): dados de experimentos e para inventários”, apresentada por Alfredo Luiz, “ZARC – Zoneamento Agrícola de Risco Climático”, pelo pesquisador da Embrapa Cerrados Fernando Macena da Silva e “Previsão probabilística de variáveis climáticas usando preditores de grande escala”, proferida pela Aline Maia,  abordando a utilidade dos modelos de previsão sazonal que incorporam efeitos de mudanças climáticas via preditores afetados por essas mudanças, como por exemplo, os índices que mensuram a intensidade do fenômeno El Niño/Oscilação Sul (ENOS).

Em sessão dedicada ao tema meio ambiente, Aline apresentou o trabalho “Comparando duração da fase larval em insetos via análise de sobrevivência semiparamétrica”. A análise de sobrevivência é adequada para análise de variáveis medidas na escala de tempo, entre elas a duração de fases da vida e a longevidade de insetos, componentes da taxa de crescimento populacional em estudos demográficos, importantes para mensurar efeitos crônicos ou sub letais de pesticidas biológicos ou inibidores de crescimento sobre insetos alvo e não alvo.

Aline também participou da Sessão de Pôsteres SP2, voltada para a área de “Estatística Aplicada ao Meio Ambiente”, na qual expôs seu trabalho intitulado “Comparing duration of larval life stage of insects via semiparametric survival analysis”, fruto da colaboração com Kátia Kaelly Sousa, Ranyse Querino e Rafael Vivian.

O intenso programa científico do evento contou com palestrantes, nacionais e internacionais, que se apresentaram em conferências, sessões temáticas, minicursos, tutoriais, comunicações orais, sessão de pôsteres e comunicação de mercado de trabalho.

Fonte: Embrapa

Texto originalmente publicado em:
Embrapa Meio Ambiente
Autor: Cristina Tordin - Embrapa Meio Ambiente

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.