InícioDestaqueMercado: Milho fechou em alta com a liberação do E15 pelos EUA

Mercado: Milho fechou em alta com a liberação do E15 pelos EUA

FECHAMENTOS DO DIA 19/04

A cotação de maio24, referência para a nossa safra de verão, fechou em alta de 1,58 % ou $ 6,75 cents/bushel a $ 433,50. A cotação para julho24, fechou em alta de 1,55 % ou $ 6,75 cents/bushel a $ 443,00.

ANÁLISE DA ALTA

O milho negociado em Chicago fechou o dia em alta, mas a semana em baixa. Após quatro rodas em queda, o mercado viu espaço para recompras técnicas do cereal. Colaborou a decisão do governo americano em autorizar a mistura E15 (gasolina com mistura de 15% de etanol) durante o verão do Hemisfério Norte neste ano.

Um anúncio de vendas avulsas dos EUA ajudou a impulsionar as cotações. Segundo o USDA, exportadores relataram venda de 216,5 mil toneladas de milho para o México, sendo 23 mil toneladas para o ano comercial 2023/24 e 193,5 mil toneladas para 2024/25.

Mesmo com o dia positivo, o milho acumulou queda de -0,40% ou $ -1,75 cents/bushel ao longo da semana.

NOTÍCIAS IMPORTANTES
PELO ARCO NORTE SAÍRAM 43,3% DO MILHO EXPORTADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE:

Pelos portos do Arco Norte saíram 43,3% das exportações de milho do Brasil no primeiro trimestre do ano, segundo o Boletim Logístico da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta sexta-feira. Em igual período do ano anterior, a movimentação do cereal pelo Arco Norte representou 36,2% do total.

Depois, aparece o porto de Santos, com 32% da movimentação contra 25% no mesmo período do exercício passado; seguido do porto de Paranaguá, com 4% contra 18,8% do ano passado; enquanto pelo porto de São Francisco do Sul saíram 15,1% dos volumes embarcados contra 11,5% em igual período do exercício anterior. Segundo a Conab, os Estados que mais exportaram milho no período foram Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Maranhão.

EUA AUMENTAM CONSUMO DE ETANOL NO VERÃO

A EPA emitiu hoje uma isenção de emergência para permitir as vendas de E15 neste verão. A isenção substitui a política atual que proíbe as vendas de verão dos varejistas a partir de 1º de junho.

ARGENTINA-CHUVAS ATRAPALHAM COLHEITA

A Bolsa de Cereais da Buenos Aires (BCBA) estima que 17% da safra argentina de 2024 já foi colhida, um aumento de apenas 2% em relação à semana passada. A média de 5 anos
para esta época é de 36% colhidos.

B3-MERCADO FUTURO DE MILHO NO BRASIL
B3: Após três dias de baixa, milho sobe apoiado no mercado internacional e tensões no Oriente Médio

Os principais vencimentos de milho fecharam o dia em variações positivas nesta sexta-feira (19). Ao final da sessão, foram vistos ganhos de até +0,38% nos vencimentos, sendo que traders tiveram seu principal foco voltado às tensões do Oriente Médio. Os ataques que ocorreram ao Irã, no entanto, foram minimizados pelo governo do país que afirmou que não haverá retaliação, o que ajudou a acalmar os ânimos do mercado.

Do lado da moeda americana, uma variação de baixa, fechando hoje a R$ 5,199 na venda, com perca de -0,96% em relação a ontem.

OS FECHAMENTOS DO DIA 19/04

Diante deste quadro, as cotações futuras fecharam em alta: o vencimento de maio/24 foi de R$ 58,05 apresentando alta de R$ 0,24 no dia, alta de R$ 0,73 na semana; julho/24 fechou a R$ 57,74, alta de R$ 0,11 no dia, alta de R$ 0,12 na semana; o vencimento setembro/24 fechou a R$ 59,47, alta de R$ 0,18 no dia e baixa de R$ 0,17 na semana.

Fonte: T&F Agroeconômica



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)


 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares