InícioDestaqueMercado: Milho fechou em alta puxado pelo trigo

Mercado: Milho fechou em alta puxado pelo trigo

FECHAMENTOS DO DIA 20/05

A cotação de julho24, referência para a nossa safra de verão, fechou em alta de 1,77 % ou $ 8,00 cents/bushel a $ 460,50; A cotação para setembro24, fechou em alta de 1,84 % ou $ 8,50 cents/bushel a $ 471,00.

ANÁLISE DA ALTA

O milho negociado em Chicago fechou em alta nesta segunda-feira. Traders aproveitaram os preços mais baixos da commodity para recomprar contratos, após a queda de 3,67% acumulada na semana passada. A forte alta do trigo também deu tração ao milho. Os Fundos de Investimentos que já haviam reduzido em 34,6% as apostas na queda dos preços de milho na semana passada, viram mais espaço para a alta dos preços.

Dados de inspeção de embarques dos EUA contribuíram para a alta. Segundo o USDA, 1,21 milhão de toneladas de milho foram inspecionadas para exportação em portos norte-americanos na semana até 16 de maio, aumento de 20,5% ante a semana anterior.

B3-MERCADO FUTURO DE MILHO NO BRASIL
B3: Bolsa de Chicago eleva preços dos contratos de trigo, que refletem nas cotações de milho na B3.

Os principais vencimentos de milho fecharam o dia em variações positivas nesta segunda-feira (20). Apoiados nas altas de Chicago, que fechou julho/24 com 37 pontos a mais e variação de +5,68%, além de um dólar a +0,05% na variação diária, não restou alternativa: traders cederam à pressão internacional, onde as principais cotações subiram mais de 2% e flutuaram na faixa entre R$ 59,40 e R$ 69,20.

No mercado físico, no entanto, estes rumores parecem não ter sido refletidos, e os negócios permanecem pontuais, à espera da safrinha.

OS FECHAMENTOS DO DIA 20/05

Diante deste quadro, as cotações futuras fecharam em variações positivas: o vencimento de julho/24 foi de R$ 59,37 apresentando alta de R$ 0,73 no dia, baixa de R$ 0,47 na semana; setembro/24 fechou a R$ 63,02 baixa de R$ 1,38 no dia, alta de R$ 0,45 na semana; o vencimento novembro/24 fechou a R$ 66,01, alta de R$ 1,28 no dia e baixa de R$ 0,15 na semana.

NOTÍCIAS IMPORTANTES
EUA-AUMENTA VOLUME DE EXPORTAÇÕES (ALTISTA)

O relatório de Inspeções de Exportação do USDA estimou 1,21 milhões de toneladas de milho embarcadas durante a semana que terminou em 16 de maio. Isso representou um aumento de 20,5% em relação à semana passada, mas caiu 8,9% em relação ao ano passado.

O México foi o principal destino de 421.472 toneladas, com 273.852 toneladas destinadas à China e 211.653 toneladas a caminho do Japão. As inspeções acumuladas no ano totalizaram 35.211 MMT, um aumento de 28,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

CROP PROGRESS-PLANTIO DE MILHO EUA

O plantio de milho nos Estados Unidos atingiu no último domingo 70% da área total prevista, avanço de 21 pontos porcentuais ante a semana anterior, disse nesta segunda-feira o USDA, em seu relatório semanal de acompanhamento de safra. Os trabalhos estavam em 76% na data correspondente do ano passado e em 71% na média dos cinco anos anteriores.

A agência disse que 40% da safra tinha emergido, ante 46% um ano antes e 39% na média de cinco anos.

CONAB-COLHEITA DE MILHO NO BRASIL

A colheita da primeira safra de milho alcançou, no País, 72,4% da área plantada, avanço de 4,3 pontos porcentuais na semana e atraso de 4,8 pontos porcentuais entre as temporadas. São Paulo já concluiu a colheita. Santa Catarina, em seguida, tem 99,8% da área colhida, seguido por Paraná, com 99%, e Rio Grande do Sul, com 88%.

Já a colheita de milho de segunda safra 2023/24 se iniciou no País, começando por Mato Grosso, que retirou 0,9% do cereal do campo, avanço de 0,5 ponto porcentual em relação a igual período do ano passado. Mato Grosso do Sul, por sua vez, colheu 0,1% da área semeada com o grão, ante 0% em igual período do ano passado. No País, a colheita alcança 0,4% da área, ou 0,2 ponto porcentual acima de igual período do ano passado.

Fonte: T&F Agroeconômica



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)


 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares