InícioDestaquepH do solo influencia na disponibilidade do Fósforo?

pH do solo influencia na disponibilidade do Fósforo?

O fósforo é o nutriente com maiores limitações em solos tropicais. Para cada tonelada de soja produzida, são extraídos do solo pouco mais de 15 kg de P2O5 , dos quais 65%, ou seja, em torno de 10 kg de P2O5 são exportados nos grãos (Gitti; Roscoe; Rizzato, 2019). Nos solos tropicais, oxídicos e com mineralogia predominantemente 1:1, o Fósforo ganha ainda mais atenção devido ao seu alto potencial de fixação, resultando em formas menos disponíveis para as plantas (Prochnow; Peterson; Bruulsema, 2019).

Além das formas de Fósforo (P) presentes no solo, sua disponibilidade para as plantas também é influenciada pelo pH do solo. Conforme destacado por Gitti; Roscoe; Rizzato (2019), estudos científicos demonstram que para a grande maioria dos solos, níveis de pH variando entre 6 a 7 promovem maior disponibilidade de Fósforo para as plantas (figura 1).

Figura 1. Disponibilidade de nutrientes em função do pH do solo.

Embrapa (2013).

A influência do pH do solo e de fertilizantes fosfatados sobre a adsorção de fósforo em Latossolo Vermelho foi avaliada por Zoz et al. (2009). Para obter os diferentes valores de pH do solo, no presente estudo aplicou-se calcário dolomítico (CaO: 28,5%, MgO: 21,5% e PRNT: 90,2%), e os fertilizantes fosfatados avaliados por foram o superfosfato triplo (SFT), fosfato natural reativo (FNR) e fertilizante fosfatado organomineral microgranulado (Umostart®) em dose equivalente a 200 mg dm-3 de P2O5 (Zoz et al., 2009).

Conforme resultados observador por Zoz et al. (2009), o aumento do pH do solo promove maior disponibilidade de Fósforo no solo quanto utilizadas fontes solúveis de fosfato, ou seja, superfosfato simples e Umostart®.

Figura 2.  Fósforo disponível pelo extrator Bray-1 no solo em função do valor de pH em CaCl2 do solo. UNIOESTE. Marechal Cândido Rondon, PR, 2009.

Fonte: Zoz et al., (2009)

Entretanto, deve-se destacar que elevar o pH a altos níveis não é a solução para  um adequado equilíbrio nutricional, uma vez que conforme destacado na figura 1, outros nutrientes apresentam comportamento distinto. Além disso, Rosa; Camponi; Zanão Junior (2016) avaliando a disponibilidade de fósforo em um Latossolo Vermelho em função do pH do solo observaram que a elevação do pH do solo a níveis superiores a 7,2 para as condições do presente estudo, refletiu em significativa redução da disponibilidade de fósforo.

Figura 3. Teores de P (mg dm-3 ) no solo em função do pH CaCl2.

Fonte: Rosa; Camponi; Zanão Junior (2016)

Isso pode ter ocorrido pelo acúmulo de cálcio proveniente do calcário que se liga ao P que está presente na solução do solo formando o fosfato de cálcio, deixando o P indisponível, atrapalhando assim sua absorção pelas plantas (Rosa; Camponi; Zanão Junior, 2016). Sendo assim, quando necessário realizar a prática da calagem para correção do pH do solo, Rosa; Camponi; Zanão Junior (2016) destacam ser necessário haver acompanhamento técnico, levando em consideração o nível de fertilidade do solo e a textura, uma vez que  um erro na dosagem do calcário poderá acarretar a indisponibilidade do P no solo prejudicando o desenvolvimento da cultura e consequentemente diminuição na produção.


Veja mais: A importância do Fósforo na cultura da soja


O aumento da disponibilidade do Fósforo em função do aumento do pH do solo também foi observada por Marchetti et al. Entretanto, cabe destacar que trabalhar com níveis adequados do pH possibilitam não só a maior disponibilidade do Fósforo mas também de outros nutrientes. Conforme destacado por Rosa; Camponi; Zanão Junior (2016) e corroborado por Gitti; Roscoe; Rizzato (2019) a faixa ideal de pH CaCl2 para a maior disponibilidade do P é de 6,0 a 6,5, faixa essa, que também privilegia a disponibilidade da maior parte dos nutrientes do solo.

Referências:

GITTI, D. C.; ROSCOE, R.; RIZZATO, L. A. MANEJO E FERTILIADE DO SOLO PARA A CULTURA DA SOJA. Fundação MS, Tecnologia e Produção: Soja, 2018/2019, 2019. Disponível em: < https://www.fundacaoms.org.br/base/www/fundacaoms.org.br/media/attachments/338/338/5e39725d5b9c36cc83636d9750d0cf5eee0b383ec2a46_01.-manejo-e-fertilidade-do-solo-para-a-cultura-da-soja.pdf >, acesso em: 30/06/2021.

MARCHETTI, M. E. et al. DISPONIBILIDADE DE FÓSFORO NO SOLO E SEU ACÚMULO EM SOJA CULTIVADA EM DOIS LATOSSOLOS, EM FUNÇÃO DO AUMENTO DO pH. Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/574744/1/32014.pdf >, acesso em: 30/06/2021.

PROCHNOW, L. I.; PETERSON, H.; BRUULSEMA, T. ACESSO DAS PLANTAS AO LEGADO DE FÓSFORO, COM FOCO NOS TRÓPICOS. Informações  Agronômicas NPCT, n. 1, 2019. Disponível em: < https://www.npct.com.br/publication/ia-brasil.nsf/B5CC3A954059C780832583ED005066C5/$File/Page9-11-1.pdf >, acesso em: 30/06/2021.

ROSA, A.; CAPONI, L. H.; ZANÃO JÚNIOR, L. A. DISPONIBILIDADE DE FÓSFORO EM UM LATOSSOLO VERMELHO EM FUNÇÃO DO PH DO SOLO. Acta Iguazu, Cascavel, v.5, Edição Especial “I seminário de Eng. De Energia na Agricultura”, p.108-115, 2016. Disponível em: < http://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/viewFile/15975/10870 >, acesso em: 30/06/2021.

ZOZ, T. et al. INFLUÊNCIA DO pH DO SOLO E DE FERTILIZANTES FOSFATADOS SOBRE A ADSORÇÃO DE FÓSFORO EM LATOSSOLO VERMELHO. Synergismus scyentifica, UTFPR, Pato Branco, 2009. Disponível em: < http://revistas.utfpr.edu.br/pb/index.php/SysScy/article/view/579/328 >, acesso em: 30/06/2021.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares